Ir para conteúdo

[Cerco]
Crea-SP realiza força-tarefa de fiscalização em obras de Paulínia e região

Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo prevê 608 diligências em 18 municípios entre os dias 28 de março e 1º de abril

25 mar 2022 – 10h02
Em 2022, o objetivo de Conselho é chegar a 400 mil ações fiscalizatórias no estado (Foto: Divulgação)

OConselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) realiza entre os dias 28 de março e 1º de abril a força-tarefa de fiscalização em Paulínia e em 18 municípios da região. Com caráter orientativo e preventivo, a ação tem como foco assegurar a presença de profissionais habilitados à frente das atividades abrangidas pelo Conselho a fim de garantir a segurança da população.

O Crea-SP prevê 608 diligências em obras e serviços de engenharia, agronomia e geociências das regiões – 448 nos arredores de Campinas e 160 em Americana e proximidades, como Paulínia, Artur Nogueira, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Holambra, Jaguariúna, Indaiatuba, Pedreira, Santo Antônio de Posse, Valinhos, Vinhedo, Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré, entre outros.

Durante a ação, o Crea-SP 19 agentes fiscais atuarão em postos de combustíveis, produção de mudas e sementes, prefeituras (responsáveis por podas de árvore e iluminação pública) e empresas sem registro ou responsável técnico.

O Conselho encerrou o ano passado com 292 mil ações de fiscalização, superando em mais de 45% a meta estabelecida. Foi um recorde histórico. Em 2022, o objetivo é chegar a 400 mil ações fiscalizatórias.

“O ano passado foi intenso e enriquecedor para a história do Conselho. Atingimos ótimos resultados com as ações de fiscalização e conseguimos desenvolver projetos importantes para o aprimoramento dos municípios”, afirma o presidente do Crea-SP, engenheiro Vinicius Marchese. “Em 2022 seguimos com garra, foco e o objetivo de melhorar ainda mais esses resultados com ações que impactem positivamente toda a sociedade.”

De 2015 a 2021, as fiscalizações do Crea-SP aumentaram cerca de 900%. O crescimento se deve ao uso das tecnologias para apoio às atividades, com pesquisas e apurações remotas, antes dos agentes fiscais irem a campo, e à adoção do modelo das forças-tarefas no Estado.

Instalada há 87 anos, a autarquia federal é responsável pela fiscalização, controle, orientação e aprimoramento do exercício e das atividades profissionais nas áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências. O Crea-SP está presente nos 645 municípios do Estado, conta com cerca de 350 mil profissionais registrados e 95 mil empresas registradas.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.