Ir para conteúdo

[Polícia Civil]
SP vai contratar 2,9 mil escrivães, investigadores, delegados e médicos legistas

Para a região de Campinas são ao menos 285 vagas disponíveis no total, com remuneração inicial que pode chegar entre R$ 3.931,18 e R$ 10.382,48

11 mar 2022 – 10h47
Escrivão de polícia é desta vez a carreira com maior número de vagas ofertadas: 1,6 mil (Foto: Divulgação)

APolícia Civil recebe inscrições para concursos públicos que visam a contratação de 2,9 mil policiais que irão atuar em todas as regiões do estado de São Paulo. São ofertadas 1,6 mil vagas para a carreira de escrivão de polícia, 900 para investigadores, 250 para delegados e 189 para médicos legistas – 2.939 no total.

Para escrivães e investigadores, as inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 1º de abril, exclusivamente, pelo site da Fundação Vunesp (https://www.vunesp.com.br/busca/concurso/proximo), organizadora do concurso público. O valor da taxa é de R$ 105,50.

Os novos certames para contratação de escrivães e investigadores foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) do último dia 19. As vagas tinham sido autorizadas conforme despachados do governador em 2019 e 2021. A remuneração inicial é de R$ 3.931,18.

As vagas em ambos os certames foram regionalizadas o que facilita para os candidatos ficarem nas regiões que preferirem e 5% delas são destinadas, conforme a lei, as pessoas com deficiência. Para a região de Campinas, são 169 para a carreira de escrivão de polícia e 98 para investigadores.

Entre os pré-requisitos para participar da seleção estão: ter no mínimo 18 anos completos. ser  brasileiro  nato,  naturalizado  ou,  em  caso  de  nacionalidade  portuguesa,  estar  amparado  pelo  estatuto  da  igualdade entre brasileiros e portugueses; não ter antecedentes criminais; estar em dia com serviço militar e com os direitos civis e políticos, ter habilitação, no mínimo, na categoria “B” para condução de veículos automotores e possuir diploma de graduação, expedido por entidade de ensino oficial ou reconhecida, devidamente registrado ou, na falta deste, certificado de colação de grau.

O processo seletivo será realizado em cinco fases que incluem: prova preambular, prova escrita, comprovação de idoneidade e conduta (mediante investigação social), prova oral e prova de títulos.

As etapas seguintes incluem as nomeações e posse e, posterior, início do curso na Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra (Acadepol), com duração média de seis meses. Atualmente, já estão em formação mais de 250 policiais civis de diversas carreiras, com formaturas previstas para o 1º e 2º semestre já deste ano.

Além disto, a Polícia Civil já lançou os editais dos concursos públicos para a contratação de 250 novos delegados e 189 médicos legistas que também irão atuar em diversas regiões do estado de São Paulo.

As inscrições aos concursos públicos tanto para delegados como para médicos legistas estarão abertas a partir das 10h do dia 21 de março até 23h59 de 28 de abril e terão que ser realizadas, exclusivamente, pelo site da Fundação Vunesp (https://www.vunesp.com.br/), onde também estão disponíveis os editais dos certames. O valor da taxa também é de R$ 105,50.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.