Ir para conteúdo

[Paulínia]
Caminhoneiro faz vaquinha online para comprar prótese transfemural

Leandro Patrick Marins Marques, de 25 anos, teve a amputação da perna direita após sofrer acidente de trânsito na Rodovia dos Bandeirantes

24 fev 2022 – 14h06
Leandro Patrick Marins Marques na casa onde mora, localizada no bairro João Aranha (Foto: Divulgação)

Ocaminhoneiro Leandro Patrick Marins Marques, de 25 anos, criou uma vaquinha online (http://vaka.me/2626293) para comprar uma prótese transfemural, voltar a andar e retornar ao mercado do trabalho.

Marques mora em Paulínia, no bairro João Aranha, e precisou amputar sua perna direita acima do joelho após sofrer um acidente de trânsito na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348).

“A prótese está avaliada no valor de mais ou menos sessenta mil reais”, contou Marques. “Não tenho condições de comprá-la, pois ainda não tive retorno do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A única ajuda que tenho é de amigos e familiares”.

Caminhão que Marques dirigia (Foto: Divulgação)

O caminhoneiro contou que desde outubro passado não tem salário e sua mulher precisou deixar o emprego para cuidar dele e acompanhá-lo em avaliações e atendimentos médicos.

“Não temos filhos e moramos de aluguel no João Aranha”, disse o caminhoneiro. “Desde outubro estou com aluguéis e as contas de água e luz atrasadas”.

O acidente com Marques aconteceu às 4h07 do dia 17 de setembro passado. Ele saiu de Sumaré para carregar o caminhão em Louveira, quando houve a colisão com outro caminhão.

“Tive o privilégio de sair vivo, graças a Deus, mas tive diversas fraturas”, relembrou. “Quebrei quadril, fêmur, patela e tive a amputação transfemoral (amputação de coxa, entre a articulação do quadril e o joelho)”.

Atualmente, o caminhoneiro de Paulínia segue em recuperação, realizando sessões de fisioterapia e acompanhamento com ortopedista.

Quem quiser saber um pouco mais da vida de Marques pode entrar em contato com ele por meio do Instagram @lm9_marques ou no Facebook https://www.facebook.com/profile.php?id=100056643050294.

“Creio que com um pouquinho de cada um a gente consegue alcançar o objetivo”, falou o caminhoneiro. “Aquele que não puder contribuir com algum valor, compartilhe a publicação.”

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.