Ir para conteúdo

[Pandemia]
Mulher de 64 anos morre em decorrência da Covid-19 em Paulínia

Óbitos pela doença caem pela primeira vez no estado de São Paulo após pico de casos da Ômicron; queda foi de 11% na última semana epidemiológica

23 fev 2022 – 21h45
Até segunda-feira, 25 pacientes estavam internados no hospital municipal de Paulínia (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia informou nesta quarta-feira (23) mais uma morte de morador da cidade em decorrência da Covid-19. Trata-se do 328º óbito desde o início da pandemia.

Segundo a Prefeitura, a  mulher de 64 anos não tinha comorbidades. Morreu no último dia 18. O governo municipal não fornece mais inform ações das mortes por Covid-19, como se ocorreu no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” nem se a vítima tomou vacina.

Até a última segunda-feira (21), 25 pacientes estavam internados no hospital municipal de Paulínia em decorrência da Covid-19 – oito em vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 17 em leitos clínicos.

A Prefeitura tem vacinas de 1ª, 2ª, 3ª e 4ª doses contra a Covid-19 disponível para a população. O agendamento deve ser feito no site http://vacina.paulinia.sp.gov.br/agenda/ e do telefone 156, ambos da Prefeitura.

Nesta quarta-feira, o governador João Doria (PSDB) anunciou que as mortes por Covid-19 em São Paulo caíram pela primeira semana em 2022 após o pico de casos ocasionado pela variante Ômicron.

A última semana epidemiológica fechou com uma redução de 11%, indicando uma tendência de queda já comprovada pela redução das internações na última semana.

A média móvel de 7 dias de óbitos registrada nesta quarta-feira (23) foi a menor deste mês de fevereiro, com 212 novas mortes. O pico de óbitos neste ano foi no dia 8 de fevereiro, quando o estado registrou uma média móvel de 288 mortes.

As novas internações em leitos de enfermaria e UTI em São Paulo registram queda nas últimas três semanas epidemiológicas. O estado tinha nesta quinta 6.220 pessoas internadas, sendo 2.540 em unidades de terapia intensiva e 3.680 em enfermarias. A redução das novas internações na última semana foi de 27,9%.

Em comparação com o pico causado pela variante Ômicron, SP apresenta uma redução de 46% no total de internados. No dia 28 de janeiro, o estado tinha 11.541 pessoas em leitos de enfermaria e UTI.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.