Ir para conteúdo

[Pandemia]
Paulínia divulga mais três mortes por Covid-19; total de óbitos chega a 319

Governo de São Paulo promove neste sábado ‘Dia C’ de vacinação infantil contra o coronavírus para a aplicação da 1ª dose em crianças de 5 a 11 anos

2 fev 2022 – 21h11
Vacinação infantil começou em São Paulo no dia 14 de janeiro com as crianças com comorbidades (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia divulgou nesta quarta-feira (2) mais três mortes de moradores da cidade em decorrência da Covid-19. Desde o início da pandemia, o município já registrou 319 óbitos pelo coronavírus.

De acordo com a Prefeitura a:

  • 317ª morte

Trata-se de um homem de 94 anos, com comorbidade. Morreu no dia 31 de janeiro.

  • 318ª morte

Refere-se a um homem de 85 anos, com comorbidade. Morreu no dia 31 de janeiro.

  • 319ª morte

Trata-se de outro homem de 70 anos, com comorbidade. Morreu no dia 1ª de fevereiro passado.

A Administração municipal não informa mais detalhes das vítimas, como as comorbidades que possuíam, se já haviam sido vacinadas e se morreram no hospital público de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”.

Até segunda-feira passada (31), o hospital municipal de Paulínia tinha 27 pacientes internados em razão da Covid-19 – 15 deles ocupavam vagas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 12 estavam em leitos clínicos.

No site da Prefeitura (http://vacina.paulinia.sp.gov.br/agenda/) ainda há vagas para agendamento de 1ª, 2ª, 3ª e 4ª doses de vacinas contra a Covid-19. Até o dia 31, 219,5 mil doses de haviam sido aplicadas no município.

Nesta tarde, o governador João Doria (PSDB) anunciou o “Dia C de Vacinação” no próximo sábado (5) para a imunização das crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. A ação acontece em parceria com os 645 municípios, que abrirão as unidades básicas de saúde para a vacinação do público infantil.

“É uma grande mobilização para a imunização das crianças. O investimento que estamos fazendo para o pagamento de horas extras de profissionais da Saúde, inclusive no apoio à Saúde municipal dos 645 municípios, é de R$ 5,5 milhões para garantir que possam estar operando nos postos de vacinação”, afirmou Doria.

Na ocasião, mais de 5 mil postos estarão abertos das 7h às 19h (Paulínia ainda não divulgou a sua programação para o Dia C) para a aplicação da primeira dose da vacina. A iniciativa é uma oportunidade para os Pais e responsáveis, que trabalham ou têm outros compromissos durante a semana, levarem seus filhos aos postos de vacinação para se protegerem contra a Covid-19.

A Secretaria de Estado da Saúde ainda disponibilizará R$ 5,5 milhões em etapas (diárias) para os profissionais de saúde dos municípios para que todos possam abrir suas unidades e ter uma equipe completa para a vacinação da população.

“Será uma grande ação envolvendo todos os municípios do estado para ampliarmos a cobertura vacinal das nossas crianças. É fundamental que os pais e responsáveis compareçam com seus filhos aos postos de vacinação e se protejam contra o coronavírus”, destacou a coordenadora do Plano Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula.

A vacinação infantil começou em São Paulo no dia 14 de janeiro com as crianças com comorbidades. No dia 20, com a aprovação da Coronavac pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), São Paulo ampliou a vacinação e começou a imunizar as crianças por faixa etária. No total, a pasta estadual já disponibilizou 4 milhões de doses da Coronavac e 900 mil doses pediátricas da Pfizer. Todos os municípios têm vacinas suficientes para imunizar todas as crianças de 5 a 11 anos com a primeira dose.

As crianças de 5 anos e as imunossuprimidas de 5 a 11 anos só podem receber o imunizante da Pfizer, enquanto as demais podem ser protegidas pela Coronavac. Todas as vacinas aprovadas pela Anvisa são seguras e eficazes.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.