Ir para conteúdo

[Vacinação]
Pfizer, Coronavac e Astrazeneca podem ser agendadas para semana que vem

Anúncio

Prefeitura de Paulínia volta a aplicar a partir desta segunda-feira, dia 29, tanto a 1ª como também a 2ª e 3ª doses de vacinas contra o coronavírus

27 nov 2021 – 10h44
A Administração municipal decidiu alterar as informações prestadas à população sobre a Covid-19 (Foto: Agência Brasil)

APrefeitura de Paulínia está com agendamento aberto para aplicação de vacinas contra a Covid-19 a partir da próxima segunda-feira (29). A população que faz parte do público-alvo pode tentar agendar tanto a 1ª como a 2ª e 3ª doses.

De acordo com a Prefeitura, a marcação de 1ª dose de vacinas contra a Covid-19 está liberada para:

  • crianças e adolescentes de 12 a 17 anos;
  • maiores de 18 anos; e
  • gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 anos) maiores de 18 anos.

A imunização dos grupos acima irá ocorrer entre as próximas segunda e quarta-feira, dias 29 e 30 de novembro e 1ª de dezembro.

A marcação de horários de 2ª dose está destinada a:

  • crianças e adolescentes de 12 a 17 anos que receberam a 1ª dose Pfizer até o dia 4 de outubro;
  • maiores de 18 anos que tomaram a 1ª dose da Pfizer até o dia 8 de novembro;
  • para quem recebeu a 1ª dose Coronavac até o dia 10 de novembro; e
  • para quem foi vacinado com a 1ª dose Astrazeneca até o dia 9 de outubro.

Essas pessoas serão imunizadas entre segunda e quarta-feira que vem e no próximo sábado, dia 4 de dezembro.

A 3ª dose é voltada, independentemente do laboratório da dose anterior, para:

  • pessoas maiores de 18 anos que tomaram a 2ª dose até o dia 5 de julho; e
  • maiores de 18 anos com alto grau de imunossupressão que foram imunizados com a 2ª dose até o dia 1º de novembro.

Conforme a Prefeitura, a vacinação desses grupos será realizada também entre as próximas segunda e quarta-feira.

O agendamento de todas as doses de vacinas contra a Covid-19, e para todos os grupos, deve ser feito por meio do site http://vacina.paulinia.sp.gov.br/agenda/ e do telefone 156, ambos da Prefeitura.

A Administração municipal não divulgou a quantidade de vacinas que ofertará à população.

Boletim

A Prefeitura divulgou sexta-feira (26) o boletim epidemiológico que traz a situação da Covid-19 em Paulínia. A Administração municipal decidiu alterar as informações prestadas à população, eliminando, por exemplo, os casos suspeitos (que eram mais de 7 mil), e publicar os dados duas vezes por semana, às terças e sextas-feiras.

Com dados atualizados até a última quinta-feira (25), desde o início da pandemia, Paulínia registrava 307 mortes e 16.598 casos confirmados. O único hospital municipal da cidade, o “Vereador Antônio Orlando Navarro”, tinha três pacientes internados em razão da Covid-19 em leitos clínicos.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.