Ir para conteúdo

[Feira da Madrugada]
São Paulo inaugura o novo centro de compras do Brás

Empreendimento com área de 182 mil metros quadrados é o maior da América Latina; são três pavimentos, 4 mil boxes e mil lojas que abrem ao público em dezembro

19 nov 2021 – 18h50
Fachada do prédio da Feira da Madrugada, o novo centro popular de compras do Brás (Foto: Agência Brasil)

APrefeitura de São Paulo inaugurou oficialmente o novo centro de compras do Brás, onde anteriormente estava instalada a Feira da Madrugada. O empreendimento, de 182 mil metros quadrados, foi construído pela concessionária Circuito das Compras São Paulo SPE S.A., vencedora da concorrência pública, válida por 35 anos.

De acordo com a Administração municipal, o empreendimento é o maior centro popular de compras da América Latina, e deverá gerar 20 mil empregos diretos. O novo shopping tem:

  • três pavimentos;
  • quatro mil boxes;
  • mil lojas;
  • capacidade para atender 100 mil consumidores diariamente;
  • praça de alimentação com 1,2 mil lugares;
  • banheiros em todos os pisos; e
  • estacionamento para 315 ônibus e mais de 2,4 mil veículos.

O novo shopping, inaugurado quinta-feira (18), deverá ser aberto aos consumidores em dezembro e funcionará diariamente das 2h às 22 horas. Ele foi bancado com recursos da concessionária, que agora poderá alugar os locais de venda aos comerciantes. De acordo com a Prefeitura, foram investidos R$ 500 milhões, exclusivamente da iniciativa privada, para erguer o novo centro popular de compras.

Segundo o secretário municipal das Subprefeituras de São Paulo, Alexandre Modonezi, a população de São Paulo ganha um espaço de comércio organizado e dentro da legalidade. “A inauguração desse centro representa geração de emprego e renda na cidade, dentro da legalidade”, disse.

Centro popular de compras do Brás funcionará diariamente, sempre no período das 2h às 22h (Foto: Divulgação)
Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.