Ir para conteúdo

[Curumins]
Carpinteiro e químico são presos em operação contra pedofilia em Paulínia

 

Ação de policiais da Deic de Campinas foi deflagrada na manhã desta sexta-feira no Parque Brasil 500 e no bairro Monte Alegre

22 out 2021 – 20h56
Viatura da Polícia Civil durante operação no estado de São Paulo (Foto: Divulgação)

Policiais civis prenderam em flagrante um carpinteiro de 52 anos e um técnico em química de 28 durante uma operação de combate à pedofilia, em Paulínia. Ambas as prisões ocorreram na manhã desta sexta-feira (22), nos bairros Parque Brasil 500 e Monte Alegre.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado, diversos materiais de pornografia infantil foram apreendidos. “As diligências prosseguem para a conclusão do inquérito”, destacou.

A operação contra a pornografia infantil foi batizada de “Curumins” e envolveu policiais civis da Divisão de Investigações Criminais (Deic) de Campinas, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

O químico foi detido no Parque Brasil 500 e o carpinteiro, no Monte Alegre. Segundo a polícia, os dois são acusados de armazenar e compartilhar imagens de pornografia infantil.

As investigações começaram há cerca de dois meses e um outro homem já foi preso anteriormente em Vinhedo no desenrolar das apurações.

O caso e o material apreendido em Paulínia, como computadores, celulares, pendrives e porções de maconha, foram apresentados na DIG de Campinas. Os dois acusados ficaram detidos à disposição da Justiça.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.