Ir para conteúdo

[Combustível]
Fazenda deflagra 2ª fase da operação Octanagem em Paulínia e Santos

Fisco paulista apura irregularidades fiscais e adulteração; foram coletadas amostras de produtos e verificados estoques, estabelecimentos e veículos

27 jul 2021 – 10h26
Veículo da Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo durante a operação (Foto: Divulgação)

ASecretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo deflagrou nesta terça-feira (27) a segunda fase da Operação Octanagem, que visa o combate à adulteração e irregularidades fiscais no setor de combustíveis automotivos derivados de petróleo. A ação contou com participação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e dá continuidade à primeira fase da fiscalização, executada no final de março de 2021, em base de combustíveis situada em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Os trabalhos desenvolvidos incluíram a coleta de amostras dos produtos que se encontravam armazenados em bases de combustíveis situadas em Paulínia e Santos, além de verificações nos estabelecimentos, nos estoques e no fluxo de veículos utilizados para o transporte.

As amostras coletadas serão analisadas pela ANP, visando identificar se ocorreu adulteração ou outras desconformidades, o que poderá servir de indício de simulação de operações ou de outras irregularidades com impacto tributário.

Além da coleta de combustíveis, a equipe de fiscalização tributária, formada por nove agentes fiscais de rendas da e da Delegacia Regional Tributária de Campinas (DRT-5) e Delegacia Regional Tributária de Santos (DRT-2), verificou a existência dos estoques e o fluxo de mercadorias, notificando as empresas a prestar informações. Os trabalhos serão aprofundados a partir das informações coletadas e cruzamentos de dados disponíveis nas bases de dados da fiscalização.

As empresas alvos da fiscalização não foram reveladas e acabaram selecionadas a partir do monitoramento de armazenamento e remessas interestaduais de insumos utilizados na formulação de combustíveis. Em virtude da existência de indícios de sonegação envolvendo empresas que atuam nessa atividade, a Secretaria da Fazenda e Planejamento pretende ampliar o escopo de atuação aos demais agentes de mercado que possam estar relacionados com as fraudes.

“Monitoramos regularmente o setor de combustíveis e, tão logo são identificados indícios de irregularidade, são iniciados procedimentos de fiscalização e a consequente lavratura de Autos de Infração e Imposição de Multa, que permite configurar administrativamente as irregularidades cometidas”, destaca Marcelo Yasuda, diretor de Atendimento, Gestão e Conformidade da Sefaz. “O comportamento irregular reiterado motiva a imposição de Regimes Especiais, descredenciamento e até mesmo a cassação das Inscrições Estaduais, se necessário”.

Octanagem, nome que batiza a operação do Fisco paulista, está diretamente ligada à qualidade da gasolina. Quando maior a octanagem, maior o desempenho do veículo.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.