Ir para conteúdo

[Feminicídio]
Mulher de 28 anos morre após ser espancada pelo marido em Paulínia

Crime aconteceu na madrugada deste domingo na residência onde vivia o casal, no bairro Dona Edith de Campos Favaro; pizzaiolo de 22 anos acabou preso

2 mai 2021 – 22h20
Roberta Alves foi socorrida até o Hospital Municipal ‘Vereador Antônio Orlando Navarro’ (Foto: Divulgação)

Paulínia registrou um feminicídio na madrugada deste domingo (2), em uma casa que fica localizada no bairro Dona Edith de Campos Favaro, conhecido como Morro Alto. O pizzaiolo Jhoney Henrique Torres Teixeira, de 22 anos, foi preso acusado de espancar com socos sua esposa, a capitalista de ativos financeiros Roberta dos Santos Alves,  de 28, e causar a morte dela.

Roberta (Foto: Reprodução)

O crime aconteceu na casa onde vivia o casal, na Rua Matheus Ferreira de Camargo. Por motivos que ainda serão apurados por policiais da Delegacia de Polícia de Paulínia, teve início uma discussão ainda na noite de sábado (1º) e Jhoney asfixiou e deu vários socos na cabeça e na região do rim e fígado de Roberta.

Jhoney (Foto: Reprodução)

A vítima, de acordo com testemunhas, sofria de lúpus e cirrose, e passou mal com as agressões do marido. Ela foi encaminhada no início da madrugada de domingo pelo próprio pizzaiolo ao Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”, onde horas depois não resistiu aos ferimentos e morreu com hemorragia interna.

Jhoney acabou detido em sua casa pela polícia na manhã de domingo e teria confessado o feminicídio em depoimento na Delegacia de Paulínia. O casal se conheceu por meio da internet e o rapaz veio de Belo Horizonte (MG) morar em Paulínia. Os dois eram casados há cerca de um ano.

De acordo com a polícia, Jhoney foi autuado em flagrante e ficou preso à disposição da Justiça. O delegado de Paulínia Sergio Seizo Toma determinou o recolhimento do pizzaiolo à cadeia anexa ao 2º Distrito Policial (DP), no bairro São Bernardo, em Campinas. Feminicídio é o assassinato cometido contra mulheres que é motivado por violência doméstica ou discriminação de gênero.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.