Ir para conteúdo

[Alimentação]
Prefeitura vai cadastrar famílias de alunos para fornecer marmita

Objetivo é ajudar estudantes da rede municipal de ensino em vulnerabilidade alimentar por causa da pandemia da Covid-19, que já dura mais de 1 ano

7 abr 2021 – 12h36
‘Locais, datas e horários de entrega serão informados oportunamente’, informou a Prefeitura (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia vai distribuir marmita pronta para consumo em casa a famílias de alunos da rede municipal de Ensino Infantil, Fundamental 1 e 2, Médio, Técnico e de Educação para Jovens e Adultos (EJA) que apresentam vulnerabilidade alimentar em função da pandemia da Covid-19. O primeiro caso de coronavírus na cidade foi registrado em março do ano passado. Desde então, estão suspensas as aulas presenciais e a distribuição de merenda nas escolas municipais, que abrigam cerca de 17 mil estudantes.

As famílias interessadas em receber marmitex deverão se cadastrar a partir desta quinta-feira (8) até o próximo domingo (12), de acordo com um comunicado divulgado pela Secretaria Municipal de Educação para supervisores de ensino, na última terça-feira (6). O informe pede ajuda as escolas para que transmitam a informação aos pais e responsáveis por alunos matriculados na rede municipal de ensino de Paulínia. O cadastramento será de forma online, pela internet. O link direto é https://forms.gle/1TwCe1ftCRyRZ8ac8.

“Para ter acesso ao benefício, pais ou responsáveis devem se cadastrar nos dia 8 a 11 de abril, informando um nome de pessoa maior de idade (além de mãe ou do pai) também autorizada a retirar a mamitex na escola”, explicou o comunicado da Secretaria Municipal de Educação. “Os locais, datas e horários de entrega serão informados oportunamente.” O tempo de duração do programa “Merenda no Prato” é indeterminado e as marmitas serão fornecidas a partir do dia 19.  A empresa Soluções Serviços Terceirizados, responsável pela merenda escolar fornecida aos alunos da Secretaria Municipal de Educação, produzirá as marmitas.

Durante o cadastro, os interessados devem informar:

  • Nome da unidade escolar onde o aluno está matriculado;
  • Nome completo do aluno, etapa/ano/série de matrícula;
  • Nome do pai/responsável; e
  • Nome de outra pessoa maior de idade autorizada a retirar a mamitex, além do pai/mãe/responsável.

A Prefeitura salientou que a refeição será entregue em embalagem lacrada. “Fica sob a responsabilidade do beneficiário seu consumo de acordo com as orientações contidas no lacre”, destacou. “As famílias que apresentarem dificuldades em realizar o cadastro devem ser acolhidas pelas respectivas unidades escolares, que as auxiliarão.” Será fornecida uma marmita por estudante matriculado na rede municipal de ensino de Paulínia.  O aluno ou responsável que não fizer a retirada do marmitex, sem justificativa, terá o benefício cancelado.

Veja o comunicado:

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.