Ir para conteúdo

[Pandemia]
Paulínia se antecipa ao estado e entra na fase vermelha nesta 5ª-feira

Medida foi anunciada no início da noite desta quarta-feira; hospital municipal está perto de sua capacidade máxima de atendimento a pacientes Covid-19

3 mar 2021 – 18h50
Vista parcial da cidade de Paulínia: agora, somente serviços essenciais estão liberados (Foto: RT Imagens)

Paulínia entra na fase vermelha do Plano São Paulo a partir desta quinta-feira (4), se antecipando dois dias à determinação do governo do estado. No início desta tarde, o governador João Doria (PSDB) já havia decidido regredir os 645 municípios paulistas à etapa mais dura da quarentena depois do estado registrar nos últimos dias aumento de casos, mortes e ocupação hospitalar em decorrência da doença. Mas a alteração valeria só a partir do sábado que vem (6) e pelos próximos 14 dias.

“A medida (de adoção da fase vermelha e antecipação em relação as demais cidades do estado) foi adotada por conta do crescente número de casos de Covid-19 e pela elevada ocupação de leitos de UTI em todo o estado”, informou a Prefeitura em nota oficial. “Nesta fase, apenas os serviços essenciais podem funcionar no município, conforme determina o Decreto Municipal 7990 de 3 de março de 2021, publicado no Diário Oficial 1597.” O documento na integra pode ser lido aqui: http://www.paulinia.sp.gov.br/uploads/semanarios/1597.pdf.

Até as 9h30 desta quarta-feira, a capacidade de atendimento a pacientes Covid-19 no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” chegou próximo de seu limite – dos 14 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados a internados em decorrência do coronavírus, 13 estavam ocupados; e dos 26 leitos clínicos, 100% estavam com doentes da pandemia (17 positivos e nove suspeitos).

Nesta quarta-feira também, o Ministério da Saúde divulgou a 117ª morte de morador de Paulínia pela Covid-19. Desde o início da pandemia, são 8.618 contaminados pela doença na cidade, de acordo com o governo federal, responsável pelos números oficiais da doença no Brasil. Para a Prefeitura, são 112 óbitos, 7.586 infectados e 7.105 recuperados da doença.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.