Ir para conteúdo

[Covid-19]
Paulínia vai vacinar idosos entre 80 e 84 anos a partir de segunda-feira

Cidade recebeu 570 doses da AstraZeneca do total de 45,6 mil enviadas nesta quinta-feira pelo governo do estado para 42 cidades da região

25 fev 2021 – 22h06
Secretaria Municipal de Saúde imunizou, até quarta-feira, 3.043 pessoas com a primeira dose (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia informou na noite desta quinta-feira (25) que vai vacinar idosos entre 80 e 84 anos contra a Covid-19 a partir desta segunda-feira, dia 1º de março. A cidade recebeu 570 doses da vacina da Fiocruz/Oxford/AstraZeneca do total de 45,6 mil enviadas nesta manhã pelo governo do estado de São Paulo para o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Campinas, que abrange 42 municípios da região.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a vacinação no sistema drive-thru  está prevista para ocorrer na segunda e terça-feira (2), das 9h às 15h ou enquanto durarem os estoques, no:

  • Túnel do Theatro Municipal “Paulo Gracindo”

– Avenida Prefeito José Lozano Araújo, 1.551 – Parque Brasil 500

  • Base Avançada da Guarda Municipal e Defesa Civil

– Praça Waldemar Perissinotto (Lagoa do João Aranha) – bairro João Aranha

A Prefeitura destacou que profissionais de saúde da rede privada e idosos com 85 anos ou mais, que já receberam a primeira dose, irão receber a segunda dose assim que a cidade receber mais vacinas. Até quarta-feira (24), a Secretaria Municipal de Saúde já havia imunizado 3.043 pessoas com a primeira dose – 900 profissionais de saúde da rede municipal e 62 idosos institucionalizados já receberam a segunda dose.

De acordo com o governo do estado, a divisão das grades é baseada no quantitativo proporcional de vacinas previsto para São Paulo conforme o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde. O cálculo de distribuição para regiões e cidades tem como referência estatísticas populacionais e os públicos-alvo da campanha de vacinação contra a gripe de 2020.

A campanha de imunização contra a Covid-19 em São Paulo tem se desenvolvido conforme a disponibilidade das remessas do Ministério da Saúde. À medida que o governo federal viabilizar mais doses, as novas etapas do cronograma e públicos serão divulgadas pela Secretaria de Estado da Saúde.

A vacina da Fiocruz também requer aplicação de duas doses para que o esquema vacinal seja completo, com intervalo de 12 semanas entre as doses, conforme consta em bula e indicado pelo PNI.

Clique aqui para ver  mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.