Ir para conteúdo

[Mundo animal]
Jacaré é encontrado morto na Avenida Ferdinando Viacava

Pessoas disseram ao Corpo de Bombeiros que o animal havia sido atropelado, mas a corporação informou que não pôde comprovar o acidente

6 fev 2021 – 19h53
Corpo de jacaré foi levado para Unidade de Vigilância em Zoonoses de Paulínia (Foto: Divulgação)

Um jacaré foi encontrado morto na tarde deste sábado (6) pelo Corpo de Bombeiros na Avenida Ferdinando Viacava, em frente ao Condomínio Residencial Aurora, na região do bairro João Aranha, em Paulínia.

Pessoas que acompanharam a remoção do corpo do animal disseram aos bombeiros que o jacaré havia sido atropelado, mas a informação não pôde ser comprovada pela corporação.

Quando o Corpo de Bombeiros chegou para atender a ocorrência de resgate do animal na Ferdinando Viacava, por volta das 15h30, o jacaré já estava morto na rua e não havia informação de quem teria atropelado o animal nem de como aconteceu o acidente.

Comprimento do jacaré morto era maior que a largura da caminhonete que o transportou (Foto: Divulgação)

O Corpo de Bombeiros informou que recolheu o corpo do jacaré e o encaminhou para a Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) da Prefeitura de Paulínia.

Esta não é a primeira vez que jacarés são vistos na Avenida Ferdinando Viacava. Na noite do último dia 24 de dezembro, por exemplo, o Corpo de Bombeiros resgatou um animal em frente do mesmo condomínio Aurora e o devolveu à lagoa do João Aranha. Era a terceira aparição dele somente naquele mês. Do outro lado da rua há um brejo, que fica a 1,5km da lagoa do João Aranha, segundo informou à época o Corpo de Bombeiros.

Quando o Corpo de Bombeiros chegou para atender a ocorrência, jacaré já estava morto (Foto: Divulgação)

O Corpo de Bombeiros disse que não há como afirmar que o jacaré morto neste sábado é o mesmo que apareceu na véspera de Natal do ano passado no condomínio Aurora.

Em 2019, outro jacaré foi flagrado perto do Assaí Atacadista, no Jardim América. Eles também são vistos com frequência pelas ruas da Praça Waldemar Perissinotto, onde habitam a lagoa João Aranha.

A Prefeitura foi procurada para informar o que pretende fazer para manter a segurança da população e dos próprios jacarés que saem da lagoa e andam pelas ruas da cidade, mas não respondeu à reportagem até a publicação deste texto.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.