Ir para conteúdo

[Saúde]
Paulínia começa vacinar idosos a partir dos 90 anos na segunda-feira

Profissionais de saúde da rede privada também serão imunizados na terça-feira; veja abaixo quando e onde se proteger contra a Covid-19

4 fev 2021 – 16h10
Prefeitura informou que já recebeu 2.960 doses de duas vacinas contra o novo coronavírus (Foto: Agência Brasil)

APrefeitura de Paulínia iniciará a vacinação contra a Covid-19 em idosos com 90 anos ou mais na segunda-feira (8) e na terça-feira (9), nos profissionais de saúde da rede privada, priorizando médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, cirurgiões dentistas, fisioterapeutas, técnicos em laboratórios de análises clínicas e motoristas de ambulância.

A vacinação ocorrerá em dois locais.

Vacinação para idosos com 90 anos ou mais:

  • Quando

– Segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, ou enquanto durarem os estoques no sistema drive-trhru.

  • Local

– Túnel do Theatro Municipal “Paulo Gracindo”

  • Endereço

– Avenida Prefeito José Lozano Araújo, 1.551 – Parque Brasil 500

  • Local

– Base Avançada da Guarda Municipal e Defesa Civil

  • Endereço

– Praça Waldemar Perissinotto (Lagoa do João Aranha) – bairro João Aranha

Vacinação para médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, cirurgiões dentistas, fisioterapeutas, técnicos em laboratórios de análises clínicas e motoristas de ambulância:

  • Quando

– Terça e quinta-feira, das 9h às 15h, ou enquanto durarem os estoques no sistema drive-thru

  • Local

– Túnel do Theatro Municipal “Paulo Gracindo”

  • Endereço

– Avenida Prefeito José Lozano Araújo, 1.551 – Parque Brasil 500

A Secretaria Municipal de Saúde pede aos idosos e profissionais de saúde que se cadastrem no site www.vacinaja.sp.gov.br. O cadastro não é um agendamento nem obrigatório, mas irá agilizar a imunização nos locais de vacinação.

Idosos acamados, com 90 anos ou mais, poderão agendar sua vacinação pelo telefone (19) 3939-7045, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Após o agendamento, uma equipe da Saúde irá vacinar o munícipe em sua residência.

  • Quais documentos o idoso ou seu acompanhante deve levar?

– Será necessário apresentar um documento com foto (RG ou CNH) e, se possível, caderneta de vacinação.

  • Quais documentos o profissional de saúde deve levar?

– O profissional deve apresentar comprovante de residência ou comprovante de trabalho em Paulínia, apresentar registro no conselho de classe e um ou mais documentos em que constem as informações comprobatórias. Podendo ser:

Cópia do registro da pessoa no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), ou

Contrato de trabalho, ou

Contrato de prestação de serviços, ou

holerite, ou

Crachá (desde que contenha minimamente as informações: nome do estabelecimento, nome e sobrenome da pessoa, cargo ou função),

Declaração emitida pelo serviço de saúde que comprove o vínculo empregatício da pessoa.

“A não comprovação documental implicará no impedimento da vacinação”, destacou a Prefeitura. “Profissionais com doenças reumáticas imunomediadas, pacientes oncológicos, transplantados e demais pacientes imunossuprimidos, gestantes e lactantes devem apresentar carta do médico autorizando a vacinação.”

  • E os demais grupos?

– A Prefeitura de Paulínia aguarda o envio por parte dos governos estaduais e federais de mais doses para programar a vacinação de outras faixas etárias. A campanha nacional de vacinação contra Covid-19 é realizada pela Secretaria Municipal de Saúde com apoio das áreas de Segurança Pública, Defesa Civil, Cultura, Governo e Transportes.

A Prefeitura informou nesta quinta-feira que recebeu do governo do estado até esta tarde três lotes de duas vacinas contra a Covid-19, somando 2.960 doses:

  • 1.120 doses da vacina do Instituto Butantan/Coronavac, no dia  21 de janeiro;
  • 840 doses da vacina do Instituto Fiocruz/AstraZeneca/Oxford, no dia 26 de janeiro; e
  • 1.000 doses da vacina Instituto Butantan/Coronavac, no dia 2 de fevereiro.

Os idosos a partir de 90 anos em Paulínia formam um público-alvo de 280 pessoas, segundo a Prefeitura, com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Até a publicação deste texto, o governo municipal não havia informado a estimativa de profissionais da saúde da rede privada que devem ser imunizados.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que nos últimos dias funcionários da Vigilância em Saúde, Centro de Operações Logísticas, das Unidades Básicas de Saúde, do Centro de Geriatria e do hospital municipal receberam a primeira dose. Idosos acamados e atendidos pelo “Programa Saúde em Casa” também foram imunizados.

Com as últimas doses aplicadas, Paulínia chegou à marca de 1.344 pessoas vacinadas, tendo imunizados profissionais e idosos residentes em instituições de longa permanência, profissionais dos laboratórios privados e da linha de frente do Hospital Samaritano.

A campanha foi intensificada na rede municipal de Saúde e o objetivo é que até esta sexta-feira (5) todos que atuam no SUS Paulínia recebam a primeira dose.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.