Ir para conteúdo

[Paulínia]
Pistola de calibre 380 dispara dentro da Câmara de Vereadores

Ninguém se feriu ou foi preso por causa de tiro acidental que aconteceu na recepção do Legislativo; polícia registrou Boletim de Ocorrência

19 nov 2020 – 21h08
Câmara Municipal de Paulínia ‘Prédio Ulysses Guimarães”, localizada no Jardim Boa Esperança (Foto: Divulgação)

Um servidor público de 57 anos disparou um tiro de pistola de calibre 380 dentro da Câmara de Vereadores de Paulínia, no final da manhã desta segunda-feira (16). Ninguém se feriu ou foi preso. O tiro teria ocorrido de forma acidental.

O disparo aconteceu na recepção da Câmara de Paulínia, por volta das 11h. O servidor concursado contou à polícia que ia a um estande de tiro quando parou para mostrar a arma a um colega. Nesse momento, a Taurus de calibre 380 disparou.

O tiro não acertou ninguém. Um guarda municipal correu para a recepção, viu o servidor com a arma em mãos e localizou a cápsula deflagrada no chão. A Polícia Militar foi acionada e apreendeu a arma do servidor, com outras sete munições intactas.

A Polícia Técnica também compareceu no local e periciou a recepção da Câmara. A Arma de fogo, as munições e o servidor foram apresentados no plantão policial. A pistola e as cápsulas ficaram apreendidas. O funcionário público prestou depoimento e foi liberado após o registro do Boletim de Ocorrência.

A Câmara  de Paulínia se limitou a informar que “já tomou todas as medidas necessárias após a ocorrência na data de 16 de novembro em suas dependências, inclusive para a abertura de sindicância/processo administrativo disciplinar, com o objetivo de apurar a conduta do servidor envolvido.” Ela não esclareceu se o servidor tem autorização para andar armado nas dependências do Legislativo.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.