Ir para conteúdo

[Covid-19]
Paulínia confirma mais 13 moradores infectados pelo novo coronavírus

Boletim da Prefeitura deste domingo informa que a cidade tem 3.274 contaminados; Ministério da Saúde revê notificação e total de mortes baixa para 75

13 set 2020 – 13h14
Profissional de saúde prepara amostras para exames de detecção do novo coronavírus (Foto: Agência Brasil)

APrefeitura de Paulínia confirmou neste domingo (13) mais 13 moradores contaminados pela Covid-19. Desde o início da pandemia, a cidade soma, agora, 3.274 infectados. Para o Ministério da Saúde, já são 4.726 (+27 em relação a sua última atualização). O governo federal também reviu uma notificação de óbito pela doença no município e o total baixou de 76 para 75. Os recuperados aumentaram de 3.068 para 3.079 (+11).

Até as 9h30 deste domingo, 16 pessoas seguiam internadas em decorrência da Covid-19 no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” – cinco delas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A Prefeitura garante que possui 14 vagas de UTI – 10 reservadas a pacientes da Covid-19 e quatro para outras complicações (todas essas continuavam ocupadas). O governo municipal informou que contratou 76 dos 85 profissionais de saúde previstos, por meio de seleção emergencial concluída, e trabalha para a admissão dos demais temporários. A ampliação de leitos de UTI  Covid-19 ainda não foi informada.

Poucas horas depois de receber do laboratório britânico AstraZeneca as informações sobre a retomada dos testes da vacina contra a Covid-19, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou ainda no sábado (12) o reinício dos estudos com humanos no Brasil. Nas últimas horas, os especialistas da agência avaliaram a retomada dos testes. “Após avaliar os dados do evento adverso, sua causalidade e o conjunto de dados de segurança gerados no estudo, a Anvisa concluiu que a relação benefício/risco se mantém favorável e, por isso, o estudo poderá ser retomado”, disse a autarquia, em nota.

Com isso, as entidades envolvidas no desenvolvimento da vacina têm sinal verde para retomar os testes no Brasil. A Anvisa continuará acompanhando o andamento dos testes e os eventuais eventos adversos observados. A AstraZeneca havia suspendido os testes com a vacina contra a Covid-19 após um participante dos testes ficar doente. Essa vacina está sendo testada em outros países além do Brasil. A pessoa que ficou doente é do próprio Reino Unido. Após investigações, os estudos foram liberados novamente e as autoridades dos países participantes informadas.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.