Ir para conteúdo

[Parque da Represa]
Construtora desmonta píer do Mini Pantanal para levantar nova estrutura

Obra é realizada como contrapartida de empreendimento que a empresa instala no município; prazo para entregar o serviço é de três meses

11 set 2020 – 20h34
Trabalhador retira telhas do prédio do píer do Mini Pantanal, no Parque da Represa (Foto: Divulgação)

Aestrutura existente no píer do Mini Pantanal de Paulínia começou a ser desmontada nesta quarta-feira (9), no Parque da Represa, informou a Prefeitura no início da noite desta sexta-feira (11). A obra é realizada por uma construtora como contrapartida de um empreendimento que está implantando na cidade.

De acordo com a Prefeitura, o objetivo é construir um novo píer e entregar a obra em 90 dias. A atual Administração municipal destacou que trabalha para revitalizar todo o espaço, que contaria com playground, lanchonete e banheiros com acessibilidade. “Em outro local do Parque da Represa será instalada uma academia ao ar livre”, informou.

“O local (píer do Mini Pantanal), que estava abandonado desde 2014, quando os passeios de catamarã foram suspensos, após, seus motores serem roubados, já foi alvo de inúmeras invasões”, destacou o governo municipal.

A Prefeitura não informou qual construtora realiza a obra no píer do Mini Pantanal, se há algum dinheiro público investido no local nem qual empreendimento a empresa executa na cidade.

Em 2017, uma emenda parlamentar, intermediada pelo vereador Danilo Barros (PL) junto ao deputado federal Paulo Freire (PL), fez o Ministério do Turismo separar uma verba federal de R$ 125 mil para revitalização do Mini Pantanal, mas até então o local seguia abandonado.

A Administração municipal não informou até a publicação deste texto se o governo federal disponibilizou esses R$ 125 mil à Prefeitura de Paulínia, bem como se já foram ou ainda serão investidos na recuperação do Mini Pantanal.

Plantio

A Secretaria Municipal de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente plantou nesta semana 446 mudas de ipê-branco, pitanga, paineira e cássia, entre outras, no Parque das Flores, entre os bairros José Paulino Nogueira e Jardim Primavera. O local é revitalizado pela construtora MRV como contrapartida de empreendimento imobiliário que constrói em Paulínia.

A Secretaria Municipal de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente informou que também planeja o plantio de mudas na Avenida Padre Jósimo Moraes Tavares e Estrada Municipal PLN 345 (Avenida da LSL Transportes) para criação de um novo cinturão verde na cidade, assim como foi feito na Estrada da Rhodia, que recebeu 343 mudas em julho deste ano.

Plantio de mudas em área do Parque das Flores, entre os bairros  José Paulino Nogueira e Primavera (Foto: Divulgação)
Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.