Ir para conteúdo

[Pandemia]
Pelo 3º dia seguido Paulínia divulga morte em razão da Covid-19

Boletim diário da Prefeitura desta quinta-feira confirmou mais 27 moradores infectados; Ministério da Saúde já registrou o 73º óbito na cidade

10 set 2020 – 14h29
Informações em etiqueta de frasco de exame são conferidas por profissional de laboratório do País (Foto: Agência Brasil)

Paulínia confirmou nesta quinta-feira (10) mais uma morte em decorrência da Covid-19, totalizando 72 desde o início da pandemia. Esse é o terceiro dia seguido que a Prefeitura divulgou óbito pelo novo coronavírus em seu boletim epidemiológico diário. Já o Ministério de Saúde registrou a 73ª vítima fatal da doença no município. O total de contaminados, segundo o governo federal, chegou a 4.618 (+19 em relação a sua atualização anterior).

O Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus esclareceu que a 72ª morte em Paulínia se trata de um homem de 61 anos, que possuía diabetes. Iniciou os sintomas respiratórios dia 1º de setembro e deu entrada após cinco dias no Hospital Municipal “Vereador Antônio Orlando Navarro”. Foi realizado diagnóstico laboratorial para a Covid-19 pelo exame de swab, com resultado positivo. O paciente morreu na quarta-feira, dia 9.

Segundo a Prefeitura, Paulínia atingiu nesta quinta-feira 3.245 moradores infectados pela Covid-19 (+27 em comparação com as últimas 24 horas). O número de curados também aumentou de 3.043 para 3.065 (+22 no mesmo período). Excluídos recuperados e mortos do total de casos confirmados, há 108 pessoas com a doença ativa na cidade. Além dessas, outras 1.074 pacientes aguardam resultados de exames de confirmação ou descarte do novo coronavírus.

A Prefeitura informou em seu boletim que o total de internados pelo novo coronavírus no hospital municipal de Paulínia era 19 (-4) – seis na UTI (-2). A Prefeitura garante que possui 14 vagas de terapia intensiva – 10 reservadas a pacientes da Covid-19 e quatro para outras complicações (três dessas seguem ocupadas). O governo municipal informou que contratou 76 dos 85 profissionais de saúde previstos, por meio de seleção emergencial concluída, e trabalha para a admissão dos demais temporários. A ampliação de leitos de UTI  Covid-19 ainda não foi informada.

Os internados em razão da Covid-19 no hospital municipal estavam nesta quinta-feira:

  • seis na UTI – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 de junho do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para ampliação das 14 vagas de terapia intensiva instaladas no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7 de julho e o reforço profissional está sendo contratado);
  • dois na Unidade Respiratória, que possui sete leitos;
  • sete na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário;
  • dois na Clínica Médica; e
  • dois na Pediatria.

 Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.