Ir para conteúdo

[Pandemia]
Pelo quarto dia seguido, Paulínia tem lotação máxima na UTI Covid-19

Boletim da Prefeitura informa que nesta quarta-feira hospital municipal possui 30 pacientes internados em decorrência do novo coronavírus

2 set 2020 – 13h58
Dos internados na UTI, oito testaram positivos para Covid-19 e dois aguardam resultados de exames (Foto: Agência Brasil)

Apandemia do novo coronavírus, causador da doença respiratória Covid-19, segue pressionando o sistema de saúde pública de Paulínia, de acordo com o boletim epidemiológico diário da Prefeitura desta quarta-feira (2). Até as 9h30, pelo quarto dia seguido, 100% dos 10 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19 do Hospital Municipal “Vereador Antônio Orlando Navarro” estavam com pacientes.

Na tarde desta quarta-feira, a Prefeitura de Paulínia  confirmou mais 19 moradores contaminados pela Covid-19, elevando para 3.103 o total de casos confirmados desde o início da pandemia na cidade. O número de mortes segue 67, conforme as estatísticas municipais. Mas o Ministério da Saúde, responsável pelos números oficiais da doença no Brasil, contabiliza 69 óbitos e 4.406 infectados no município – 31 a mais que o verificado em sua atualização anterior.

Nos últimos 10 dias, em três deles a ocupação na UTI Covid-19 do hospital municipal de Paulínia não esteve em sua lotação máxima: dias 24, sete leitos ocupados; dia 25, nove; e dia 29, nove. Nesta quarta-feira, o total de pessoas internadas em decorrência do novo coronavírus era 30 na unidade hospitalar – três a menos que nas últimas 24 horas, mas ainda com 10 na UTI Covid-19.

A Prefeitura de Paulínia garante que possui 14 vagas de UTI no hospital municipal – 10 leitos reservados para o pacientes da pandemia e quatro para outras complicações (três desses também seguem ocupados). Neste mês começou a contratação temporária de 85 profissionais de saúde, por meio de seleção emergencial concluída, o que permitirá a ampliação desse serviço.

Os internados em razão da Covid-19 no hospital municipal estavam nesta quarta-feira:

  • 10 na UTI – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 de junho do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para ampliação das 14 vagas de terapia intensiva instaladas no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7 de julho e o reforço profissional está sendo contratado);
  • oito na Unidade Respiratória, que possui sete leitos; e
  • 12 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.