Ir para conteúdo

[Pandemia]
Mais de mil pessoas aguardam resultados de testes da Covid-19 em Paulínia

Boletim epidemiológico deste domingo adicionou sete contaminados às estatísticas da Prefeitura, totalizando 2.846; Ministério da Saúde contabiliza 4.194 (+89)

23 ago 2020 – 14h25
Cerca de 700 casos suspeitos foram descartados por meio de testes rápidos na cidade (Foto: Divulgação)

Mais de mil moradores de Paulínia ainda aguardam resultados de testes para detecção da Covid-19, segundo boletim epidemiológico diário da Prefeitura, divulgado neste domingo (23). Outros sete paulinenses infectados foram adicionados no início desta tarde às estatísticas municipais, totalizando 2.846 casos confirmados. O Ministério da Saúde já contabiliza 4.194 contaminados (+89 em relação a sua última atualização) e 65 mortos pela doença no município – um além do total divulgado pelo governo municipal.

Os casos suspeitos, aqueles que ainda estão em investigação e não têm resultados positivos ou negativos para o novo coronavírus, são 1.025 em Paulínia desde o início da pandemia. Todos estão sob o monitoramento de equipes da Secretaria Municipal de Saúde. A grande maioria em isolamento domiciliar. Apenas oito ocupam leitos do Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” – dois na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A cidade ainda tem 136 moradores com a doença ativa – 13 hospitalizados.

De acordo com a Prefeitura, até o último dia 29 de julho, a Secretaria Municipal de Saúde havia aplicado 14.525 testes rápidos em servidores municipais, pacientes do hospital de Paulínia e moradores da cidade, dos 20 mil comprados pelo município no final de março passado. O boletim epidemiológico deste domingo traz os resultados de 2.571 deles: 1.887 positivos e 684 negativos para a Covid-19. Os demais que aparecem nas estatísticas municipais são exames de swab (secreção nasal e bucal) realizados fora da cidade: 959 positivos e nove negativos.

Até as 9h30 deste domingo, 21 pessoas estavam internadas em decorrência da Covid-19 no hospital: seis a menos nas últimas 24 horas. Seis delas permaneciam na UTI. A Prefeitura garante que possui 14 vagas na terapia intensiva – 10 leitos reservados para o pacientes do novo coronavírus e quatro para outras complicações. Neste mês começou a contratação temporária de 85 profissionais de saúde, por meio de processo de seleção emergencial concluído, o que permitirá a ampliação desse serviço na rede municipal.

Os internados em razão da Covid-19 no hospital municipal estavam neste domingo:

  • Seis na UTI – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 de junho do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para ampliação das 14 vagas de terapia intensiva instaladas no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7 de julho e o reforço profissional está sendo contratado);
  • um na Unidade Respiratória, que possui sete leitos;
  • 11 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário;
  • um na Pediatria; e
  • dois na Clínica Cirúrgica.

O Centro de Contingência do Coronavírus do governo do estado autorizou na última sexta-feira (21) o retorno das modalidades coletivas praticadas em quadras esportivas nas cidades que estiverem na fase amarela do Plano São Paulo. O protocolo apresentado pela Liga Nacional de Futsal para retomar o campeonato também está autorizado.

As modalidades poderão retomar seus treinamentos e competições, sempre sem público, levando em conta todos os cuidados de distanciamento, higienização, utilização de máscaras (com exceção dos atletas em atividade) e evitando aglomerações dentro e fora dos espaços esportivos.

Modalidades já liberadas (fase amarela do Plano SP)
  • Futebol (Campeonato Paulista – masculino e feminino, séries A1, A2, A3 e sub-20);
  • Automobilismo;
  • Ciclismo;
  • Modalidades individuais e coletivas sem contato físico (vôlei, tênis, bocha, malha e outras);
  • Modalidades coletivas com contato físico em quadras (futsal, handebol, basquete e outras);
  • Novo Basquete Brasil (NBB); e
  • Liga Nacional de Futsal 2020.
Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.