Ir para conteúdo

[Flexibilização]
Prefeitura libera funcionamento de parques públicos e clubes esportivos

Equipamentos esportivos públicos também podem voltar a ser utilizados pela população, conforme decreto publicado no Semanário Oficial

15 ago 2020 – 18h22
Vista aérea do Parque Zeca Malavazzi, em agosto do ano passado, antes da pandemia (Foto: RT Imagens)

APrefeitura de Paulínia liberou nesta semana o funcionamento de clubes esportivos de lazer, praças e parques públicos, além de equipamentos esportivos públicos. Eles estavam fechados desde março, quando teve início a quarentena para controlar o avanço da pandemia da Covid-19. A cidade está na fase 3 (amarela) do Plano São Paulo de retomada gradual e regionalizada da economia no estado.

Até as 9h30 deste sábado (15), a cidade tinha 2.630 infectados pela Covid-19 e 56 mortos em decorrência do novo coronavírus, segundo as estatísticas municipais. Entretanto, para o Ministério da Saúde, já são 3.753 contaminados e 59 óbitos no município. Há ainda 30 pacientes internados no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” – oito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A liberação de parques públicos, clubes de lazer e uso de equipamentos esportivos públicos, com capacidade (40%) e horários (seis horas seguidas) reduzidos, foi autorizada por meio do decreto municipal 7.864, publicado na edição da última quinta-feira (13) do Semanário Oficial de Paulínia. A partir deste final de semana também está autorizada pela Prefeitura de Paulínia a realização das feiras livres de rua no Monte Alegre, Parque dos Servidores, aos sábados, e São José, aos domingos, das 6h às 13h.

No decreto, o prefeito Du Cazellato (PL) justifica as novas flexibilizações na quarentena pelo fato de Paulínia estar na fase amarela do Plano São Paulo e cita “a ampliação significativa de leitos na enfermaria respiratória e na UTI do Hospital Municipal de Paulínia, disponibilizados exclusivamente para combate ao Covid-19, bem como a ampliação do quadro de profissionais da saúde aprovados por meio de processo seletivo para atuarem especificamente na área de enfrentamento à pandemia”.

No entanto, até a publicação deste texto, a Secretaria Municipal de Saúde não havia divulgado a ampliação de leitos de UTI na rede municipal de saúde (seriam 10, servidores falam em oito, que podem ser ocupados por pacientes dos 14 instalados no local por causa do número reduzido de funcionários); nem informado o número de contratações dos 85 profissionais de saúde convocados no processo seletivo.

No mesmo semanário que liberou os parques e clubes, a partir da página 7, a Prefeitura divulgou uma lista de 32 candidatos desistentes ou que não compareceram no prazo de cinco dias da convocação nas funções de enfermeiro (2), fisioterapeuta (3), médico plantonista clínico geral (12), médico plantonista intensivista (3 – lista esgotada), motorista (2), técnico em análises clínicas (1) e técnico de enfermagem (9).

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.