Ir para conteúdo

[Covid-19]
Paulínia registra 10 mortes e 241 moradores infectados em sete dias

Média diária é de mais de um óbito e 34 contaminados, segundo boletins da Prefeitura; número de recuperados em uma semana foi de 223

15 ago 2020 – 12h36
Profissional de saúde em laboratório no estado de São Paulo com amostras para exames (Foto: Agência Brasil)

Paulínia fechou esta semana com o registro de mais 10 mortes, 241 moradores infectados pela Covid-19 e 223 recuperados, de acordo com as estatísticas da Prefeitura. A média diária dos últimos sete dias foi de 1,4 óbito, 34 contaminados e 31 recuperados da doença na cidade. Neste sábado (15), o boletim epidemiológico do governo municipal contabilizou outras 38 pessoas testadas positivas para o novo coronavírus, chegando a 2.630. Entretanto, para o Ministério da Saúde, já são 3.753 (+51) e 59 mortes (+1).

Há uma semana, no último domingo (9), o boletim da Prefeitura divulgou 2.389 contaminados na cidade, 46 mortes e 2.104 recuperados da doença. Pelos números do Ministério da Saúde, o avanço da Covid-19 em sete dias no município foi maior: Paulínia tinha 3.458 infectados (-295 em relação à noite desta sexta-feira (14), o que dá média diária de 42 novos casos). Mas o número de óbitos foi menor no período: 50 (-9, ou 1,2 morte a cada 24 horas).

O número de internados em razão da Covid-19 no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” também sofreu variação no últimos sete dias. No domingo passado, eram 25 pacientes positivos e suspeitos da doença – nove na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Neste sábado, são 30 hospitalizados – oito ocupando leitos de UTI.

Segundo servidores da linha de frente do combate à pandemia, há 14 vagas de UTI instaladas no hospital municipal e oito que podem receber doentes de quaisquer complicações devido ao número reduzido de funcionários. A Prefeitura garante que são 10 e deu início neste mês à contratação temporária de 85 profissionais de saúde, por meio de processo seletivo emergencial concluído, o que permitirá a ampliação desse atendimento na rede municipal.

Os internados em razão da Covid-19 no hospital municipal estavam neste sábado:

  • oito na UTI – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 de junho do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para o uso imediato dos 14 leitos de UTI instalados no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7 de julho e o reforço profissional está em fase de contratação);
  • cinco na Unidade Respiratória, que possui sete leitos;
  • 12 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário;
  • um na Pediatria; e
  • Quatro na Emergência.
Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.