Ir para conteúdo

[Avanço]
Paulínia confirma a 56ª morte em decorrência do novo coronavírus

Boletim epidemiológico diário da Prefeitura trouxe nesta sexta-feira o total de 2.592 infectados e 2.304 recuperados desde o início da pandemia

13 ago 2020 – 13h24
Cerca de 2,2 mil pessoas se recuperam da doença por meio de isolamento domiciliar (Foto: Agência Brasil)

APrefeitura de Paulínia confirmou nesta sexta-feira (14) a 56ª morte em decorrência do novo coronavírus na cidade. Seu boletim epidemiológico diário divulgou ainda o total de 2.592 infectados (mais 40 nas últimas 24 horas) e 2.304 recuperados (+25). Mas, para o Ministério da Saúde, o município já tem 3.702 moradores contaminados pela doença (+60 em relação última atualização do governo federal) e 58 óbitos (+1) desde o início da pandemia. 

O 56° óbito pela Covid-19 em Paulínia se trata de uma mulher de 63 anos, que não possuía doenças preexistentes. Iniciou os sintomas respiratórios no último dia 10 de julho. Deu entrada no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” e transferida para o AME Barradas, na cidade de São Paulo, no dia 17 de julho. Foi realizado diagnóstico laboratorial para a Covid-19 pelo exame de swab, com resultado positivo. Morreu no dia 1º de agosto.

Até as 9h30 desta sexta-feira, o Hospital Municipal de Paulínia possuía 30 pessoas positivas e suspeitas da Covid-19 internadas no local – uma a menos que quinta-feira (13). Nove delas estavam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), também menos uma nas últimas 24 horas. A Prefeitura não esclareceu se o paciente que deixou a rede municipal de saúde recebeu alta médica ou foi transferido para outra unidade hospitalar da região ou da Capital.

Segundo servidores da linha de frente do combate à pandemia, há 14 vagas de UTI instaladas no hospital municipal e oito que podem receber doentes de quaisquer complicações devido ao número reduzido de funcionários. A Prefeitura garante que são 10 e deu início neste mês à contratação temporária de 85 profissionais de saúde, por meio de processo seletivo emergencial concluído, o que permitirá a ampliação desse atendimento na rede municipal.

Os internados em razão da Covid-19 no hospital municipal estavam nesta sexta-feira:

  • nove na UTI – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 de junho do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para o uso imediato dos 14 leitos de UTI instalados no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7 de julho e o reforço profissional está em fase de contratação);
  • seis na Unidade Respiratória, que possui sete leitos;
  • 12 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário; e
  • três na Clínica Médica.

O vice-governador e secretário de Governo Rodrigo Garcia apresentou, nesta sexta-feira, a 11ª atualização de classificações regionais do Plano São Paulo de enfrentamento ao coronavírus e retomada consciente da economia. Sem mudanças em relação à semana passada, apenas as regiões de Franca e Registro seguem na fase vermelha, com restrição total atendimento presencial em comércios e serviços não essenciais. Na laranja, estão as de Barretos, Presidente Prudente e São José do Rio Preto, além das sub-regiões Norte e Oeste da Grande São Paulo.

Paulínia, na região de Campinas, está na etapa amarela, que permite funcionamento restrito de bares, restaurantes, salões de beleza e academias, assim como as de Araçatuba, Araraquara, Baixada Santista, Bauru, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, Sorocaba, Taubaté e as sub-regiões Leste, Sudeste e Sudoeste da Grande São Paulo, além da Capital. A próxima reclassificação de fases do Plano São Paulo está prevista para a próxima sexta (21).

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia 

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.