Ir para conteúdo

[Confusão]
Briga de casal termina com um preso e outro ferido no Alto de Pinheiros

Eletricista de 24 anos mantinha uma faca no pescoço da vítima quando a Guarda Municipal de Paulínia chegou, no final da noite desta terça-feira

12 ago 2020 – 15h40
Viatura da Romu estacionada durante patrulhamento por bairros da cidade de Paulínia (Foto: Divulgação)

Uma briga de casal no final da noite desta terça-feira (11) acabou com um rapaz preso e outro ferido, no bairro Alto de Pinheiros, em Paulínia. A confusão teria começado por causa do fim de um relacionamento amoroso.

Conforme a Guarda Municipal de Paulínia, o lavador de 33 anos sofreu cortes em uma das mãos ao tentar defender uma cuidadora de 38 anos de seu ex, um eletricista de 24 anos. O caso aconteceu por volta das 23h, na Rua Sylvio Viamonte.

Quando a equipe da Romu (Rondas Ostensivas Municipais) chegou, o eletricista mantinha uma faca no pescoço da mulher. “O mesmo tentava esfaqueá-la, mas foi contido pela guarnição”, informou a Guarda Municipal.

A mulher não se feriu. Mas, segundo a Romu, o lavador saiu machucado ao defendê-la antes da chegada das viaturas. O lavador foi levado ao Hospital Municipal “Vereador Antônio Orlando Navarro”, medicado e liberado em seguida.

O eletricista foi conduzido ao plantão policial, preso em flagrante por homicídio tentado e permaneceu à disposição da Justiça, de acordo com informações da Guarda Municipal.

Reunião
A Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania promoveu na segunda-feira (10), uma reunião com o objetivo de fortalecer a rede intersetorial que promove o fluxo de atendimento e protocolos a mulheres vítimas de violência.
De acordo com a secretária de Assistência Social e Cidadania, Rita Coelho, o atendimento as mulheres vítimas de violência merece uma atenção especial de toda a rede. “Precisamos promover ações que efetive o fluxo de atendimento, garantido de forma eficaz o acolhimento e acompanhamento dessas mulheres”, afirmou.
Saúde
O encontro também contou com a participação de representantes do Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”, Saúde Mental, Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), Ambulatório de Apoio (ADA) e Conselho Tutelar.
De acordo com a Prefeitura, no próximo encontro, haverá uma articulação entre profissionais da rede de proteção básica da Assistência Social e da Saúde, com a participação da ginecologista Fabrícia Silva Campos, do ADA.
Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.