Ir para conteúdo

[Paulínia]
Homem de 70 anos é a nova vítima fatal da Covid-19; total chega a 41

Mais 93 casos do coronavírus foram registrados nas últimas 24 horas no município; Ministério da Saúde soma 3.140 infectados e 44 óbitos na cidade

6 ago 2020 – 14h04
Profissionais que reforçarão a linha de frente do combate à pandemia passam por integração (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia adicionou uma morte de um homem de 70 anos e um dos dois novos óbitos divulgados no Centro Municipal de Geriatria, também conhecido como Lar dos Velhinhos, ao boletim epidemiológico diário desta quinta-feira (6). O total de falecimentos pela Covid-19 chegou a 41 desde o início da pandemia. Mais 93 casos da doença foram confirmados nas últimas 24 horas, somando 2.262. O Ministério da Saúde contabiliza na cidade 3.140 infectados (+92) e 44 óbitos (+1). Os curados são 1.638 (+131).

A Secretaria Municipal de Saúde de Paulínia não esclareceu porque não adicionou ao boletim municipal todas as duas mortes de residentes do Lar dos Velhinhos que foram confirmadas no final da tarde de quarta-feira (5). O óbito que segue fora das estatísticas municipais aconteceu no último sábado (1º), em Guarulhos, na Grande São Paulo. O Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus informou que a:

  • 40ª morte

– Trata-se de um homem de 70 anos, que possuía hipertensão, sequela de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e tabagismo. Iniciou os sintomas respiratórios no último dia 6 de julho, sendo internado no dia 13 no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”. Foi realizado diagnóstico laboratorial para a Covid-19 pelo exame de swab, com resultado positivo. Morreu na terça-feira (4).

  • 41ª morte

– Refere-se a um homem 72 anos, que tinha pneumopatia e tabagismo, e era residente do Lar dos Velhinhos de Paulínia. Apresentou o início dos sintomas respiratórios no dia 13 de julho e deu entrada no hospital municipal no dia 21. Foi realizado diagnóstico laboratorial para a Covid-19 pelo exame de swab, com resultado positivo. Morreu quarta-feira (5).

Apesar das quatro mortes já registradas no Lar de Velhinhos, a Prefeitura informou que segue com as obras de manutenção no local. A ação faz parte do Programa de Manutenção dos Prédios Públicos. Em 12 meses, todos os imóveis da saúde deverão ser reformados, conforme a Prefeitura. O custo total dos serviços está estimado em R$ 10,3 milhões.

O governo municipal ainda informou que a Unidade de Fisioterapia do Departamento de Reabilitação da Secretaria de Saúde entrou em manutenção nesta semana. O local receberá melhoras na acessibilidade, pintura, elétrica e telefonia. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) São José e Centro I também estão em manutenção.

Os profissionais contratados para reforçar a linha de frente do combate à pandemia no hospital municipal de Paulínia passam por um programa de integração. A enfermeira Juliana Nucci e a médica Cristina Terzi, ambas do Núcleo de Educação Permanente da unidade, coordenam a ação.

Segundo a Prefeitura, os 85 profissionais recebem informações sobre protocolos, estrutura, normas e regulamentos do hospital e kit com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). A primeira tentativa de contratação ocorreu no final de abril e a segunda foi finalizada no dia 29 de julho pela Fundação Getúlio Vargas.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia 

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.