Ir para conteúdo

[Dinheiro]
Adicional de pandemia para servidores da saúde é aprovado na Câmara

Projeto de lei quer conceder R$ 431,35 mensais a esse grupo de funcionários enquanto continuar o combate ao novo coronavírus em Paulínia

5 ago 2020 – 20h08
Primeira sessão da Câmara após o recesso de meio de ano e ainda de forma remota (Foto: Divulgação)

Os vereadores de Paulínia aprovaram nesta terça-feira (4), em primeira discussão, proposta de lei com o objetivo de criar adicional de pandemia a todos os servidores da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é conceder R$ 431,35 mensais enquanto continuar o combate ao novo coronavírus na cidade, como forma de reconhecer o trabalho e o risco desses profissionais.

Na 11ª sessão ordinária, a primeira após o recesso de meio de ano e ainda de forma remota, foi analisada a legalidade do Projeto de Lei 50/2020. O texto ainda precisa passar por nova votação (mérito) antes de ser encaminhado ao prefeito. O líder do governo na Câmara, vereador Fábio Valadão (PL), disse que mais detalhes serão apresentados quando o tema voltar à pauta.

Segundo a Prefeitura, autora da iniciativa, a medida é viável mesmo com a diminuição da receita causada pela Covid-19. O benefício vai comprometer 0,23% da receita corrente liquida estimada pela Prefeitura de Paulínia para 2020 – o equivalente a R$ 3,189 milhões do total de R$ 1,354 bilhão.

Os vereadores Tiguila Paes (Cidadania) e Marquinho Fiorella (PSB) afirmaram que a legislação federal restringe esse tipo de adicional a profissionais da saúde, não sendo possível conceder verba semelhante a outras categorias envolvidas na linha de frente do combate à Covid-19, como a Guarda Municipal.

Os vereadores também discutiram o combate à doença e voltaram a debater restrições impostas pela quarentena. O vereador Danilo Barros (PL) lembrou que a Prefeitura começou a cadastrar artistas, agentes e grupos de cultura para benefício da Lei Aldir Blanc, que estabelece renda emergencial a trabalhadores do setor, subsídio para manutenção de espaços e instituições e editais envolvendo atividades artísticas pela internet.

Utilidade

Ainda em primeira discussão foi aprovada proposta declarando de utilidade pública a Associação CriaPaz, dedicada a atender homens com dependência de álcool ou outras drogas. Na prática, esse reconhecimento permite que entidades consigam receber repasses da Prefeitura. O Projeto de Lei 49/2020 é de autoria do vereador Flávio Xavier (Podemos).

Os vereadores Zé Coco (PSB) e Fábia Ramalho (Podemos) homenagearam a Aupacc (Amigos Unidos por Amor Contra o Câncer), associação que completou 17 anos nesta terça.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.