Ir para conteúdo

[Avanço]
Lar dos Velhinhos de Paulínia tem a 2ª morte de residente pela Covid-19

Prefeitura registrou mais 22 moradores contaminados pela Covid-19; número de internados no hospital municipal baixou para 30 – oito em leitos de UTI

30 jul 2020 – 13h37
Cerca de 800 paulinenses ainda esperam resultados de exames para detecção da Covid-19 (Foto: Divulgação)

APrefeitura confirmou nesta quinta-feira (30) mais uma morte pela Covid-19 – a segunda de um residente do Centro Municipal de Geriatria, também conhecido como Lar dos Velhinhos, e a 31ª de Paulínia. O número de casos confirmados da doença na cidade subiu para 1.984 (+22), segundo o boletim epidemiológico diário. O Ministério da Saúde contabiliza 2.603 (+153) infectados e 34 (+1) óbitos no município desde o início da pandemia.

O Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus informou que o residente do Lar dos Velhinhos que morreu tinha 84 anos e antecedente de pneumopatia. O idoso apresentou início dos sintomas respiratórios no dia 9 passado e deu entrada no dia 13 no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”. De acordco com a Prefeitura, foi realizado diagnóstico laboratorial para a Covid-19 por meio do exame de swab (de secreção nasal e bucal), com resultado positivo. O homem morreu nesta quarta-feira (29).

A primeira morte de residente no Lar de Velhinhos da Prefeitura em decorrência da Covid-19 foi de uma mulher de 91 anos, que morava desde 2014 no local, no último dia 18. Desde o início da pandemia, seis idosos moradores e nove servidores públicos (15 no total) testaram positivos para o novo coronavírus no Centro Municipal de Geriatria. Lá, há 85 funcionários e, agora, 23 residentes. Conforme a Administração municipal, o panorama atual dos casos é:

  • um idoso segue internado no hospital municipal;
  • um transferido pela Prefeitura para o Hospital de Campanha do Ibirapuera e depois encaminhado pelo governo de São Paulo para o Hospital do Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos, onde permanece internado; e
  • dois estão isolados no Centro de Geriatria, em recuperação;
  • dos nove funcionários, todos seguem afastados, em recuperação.

Nesta quinta-feira, baixou de 31 para 30 a quantidade de pacientes Covid-19 no hospital municipal – oito deles na UTI (dois a menos em relação à quarta). A Prefeitura não informou se houve alta ou transferências para outras unidades hospitalares. Segundo servidores da linha de frente do combate à pandemia, há 14 vagas instaladas de terapia intensiva no local e oito que podem receber doentes de quaisquer complicações devido ao número reduzido de funcionários. A Prefeitura garante que são 10, mesmo sem informar a contratação de profissionais da saúde o que permitiria ampliar esse atendimento na rede municipal da cidade.

Os internados em consequência da Covid-19 em Paulínia estavam nesta quinta-feira:

  • oito na UTI – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 de junho do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para o uso imediato dos 14 leitos de UTI instalados no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7);
  • nove na Unidade Respiratória, que possui sete leitos;
  • 12 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário; e
  • um na Pediatria.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.