Ir para conteúdo

[Paulínia]
Comitê confirma a 21ª morte pela Covid-19; total de internados sobe para 32

Morte de mulher de 91 anos, residente do Lar dos Velhinhos, foi incluída no boletim epidemiológico diário da Prefeitura deste domingo

19 jul 2020 – 13h05
Cerca de 1,5 mil resultados de testes rápidos estão no boletim epidemiológico da Prefeitura (Foto: Agência Brasil)

OComitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus oficializou neste domingo (19) a inclusão da morte da mulher de 91 anos, residente no Lar dos Velhinhos da Prefeitura de Paulínia, divulgada sábado (18). Trata-se do primeiro óbito no Centro Geriátrico, que tem mais dois moradores e quatro funcionários infectados com a doença, e o 21º da cidade. O número de pessoas internadas no Hospital Municipal “Vereador Antônio Orlando Navarro” subiu nas últimas 24 horas de 28 para 32 – oito pacientes estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo o governo municipal, a idosa que morreu pela Covid-19 no Lar dos Velhinhos tinha osteoporose, dislipidemia e doença diverticular. Residia no Centro Municipal de Geriatria desde 2014 e testou positiva para o novo coronavírus. “A Prefeitura informa que é essencial que todos sigam as orientações do Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus e reforça a necessidade do isolamento domiciliar, saindo somente para necessidades extremas, nunca deixando de usar máscara e higienizando as mãos sempre que possível”, destacou em nota.

Até as 9h deste domingo, Paulínia tinha 1.613 casos confirmados da Covid-19 – seis a mais em relação a sábado, pelos números da Prefeitura. Entretanto pelos dados do Ministério da Saúde, responsável pelas estatísticas oficiais do novo coronavírus no Brasil, a cidade caminha a passos largos para atingir 2 mil infectados ainda nesta semana que começa: eram 1.959 (+35) até a tarde de sábado. A diferença entre os totais de casos confirmados divulgados pelos governos municipais e federais chegou a 346 contaminados. Os recuperados, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, são 878 (+4). Os descartados somam 871 (+1).

As internações em decorrência da Covid-19 seguem pressionando o sistema de saúde de Paulínia. De sábado para este domingo, mais quatro pessoas deram entrada no hospital municipal: o total aumentou de 28 para 32. O número de leitos de UTI ocupados também cresceu: de sete para oito. Segundo servidores do combate à pandemia são 14 vagas instaladas, mas oito que podem receber doentes de quaisquer complicações devido ao número reduzido de funcionários. A Prefeitura garante que são 10, mesmo sem informar a contratação de profissionais da saúde o que permitiria a ampliação desse atendimento.

Os internados no hospital municipal de Paulínia estavam neste domingo:

    • oito na UTI – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 de junho do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para o uso imediato dos 14 leitos de UTI instalados no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7);
    • nove na Unidade Respiratória, que possui sete leitos;
    • 12 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário; e
    • três na Pediatria.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.