Ir para conteúdo

[Covid-19]
Paulínia adiciona 32 infectados às suas estatísticas e total passa de 1,6 mil

Diferença entre número da Prefeitura e o contabilizado pelo Ministério da Saúde chega 317 casos; para o governo federal, cidade tem 1.924 contaminados

18 jul 2020 – 13h10
Desde o início da pandemia, 874 moradores de Paulínia se recuperaram da doença (Foto: Agência Brasil)

Paulínia adicionou 32 infectados a seu boletim epidemiológico diário deste sábado (18) e o total de moradores testados positivos para a Covid-19 chegou a 1.607 desde o início da pandemia. Mas a soma da Prefeitura possui 317 casos a menos do contabilizado pelo Ministério da Saúde na cidade: 1.924, até o início da noite de sexta-feira (17). Os recuperados passaram de 862 para 874 (+12). Há 28 internados em decorrência da doença no Hospital Municipal “Vereador Antônio Orlando Navarro” – sete na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A defasagem dos casos da Covid-19 confirmados pela Prefeitura em relação aos verificados pelo Ministério da Saúde, conforme a administração local, ocorre pela demora da notificação de moradores da cidade atendidos em outros municípios. De acordo com o governo federal, responsável pelas estatísticas oficiais da doença no Brasil, com 1.924 infectados, até as 18h30 de sexta-feira, Paulínia era a 9ª entre todas as 645 cidades do estado de São Paulo com maior incidência de casos da Covid-19 para cada 100 mil habitantes.

Segundo os números da Prefeitura, até as 9h30 deste sábado, Paulínia tinha 1.458 moradores sendo acompanhados por equipes da Secretaria Municipal de Saúde, entre casos suspeitos da doença (745 – 15 a menos em comparação com sexta-feira) e pessoas com a doença ativa (713 – 20 a mais em relação à última atualização). Desses 1.458 pacientes, 28 estavam internados no hospital municipal de Paulínia (quatro a menos no período de 24 horas) – 14 suspeitos e 14 que testaram positivos para o novo coronavírus.

A Prefeitura não informou se os quatro pacientes que deixaram o hospital municipal de Paulínia de sexta-feira para este sábado tiveram alta ou foram transferidos para outras unidades hospitalares da região ou da Capital paulista. Esclareceu que, somente do dia 15 de junho à sexta-feira, a Secretaria Municipal de Saúde havia encaminhado 43 moradores da cidade para hospitais de campanha Covid-19 de São Paulo.

Os internados no hospital municipal de Paulínia estavam neste sábado:

  • sete na UTI – segundo servidores do combate à pandemia são 14 leitos instalados, mas oito que podem receber doentes de quaisquer complicações devido ao número reduzido de funcionários (a Prefeitura garante que são 10); apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 de junho do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para o uso imediato dos 14 leitos de UTI instalados no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7);
  • seis na Unidade Respiratória, que possui sete leitos;
  • 12 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário; e
  • três na Pediatria.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.