Ir para conteúdo

[Perigo]
Número de focos de incêndios em vegetação e mata cresce  63% neste ano

Paulínia registrou 73 ocorrências em maio e junho; bairros com maior incidência são Parque Brasil 500, Alto de Pinheiros, Saltinho e Santa Terezinha

17 jul 2020 – 11h26
Agente da Defesa Civil trabalha no combate a incêndio em área de vegetação em Paulínia (Foto: Divulgação)

Onúmero de focos de incêndios em vegetação e mata aumentou 63% em maio e junho deste ano comparado com o mesmo período do ano passado, em Paulínia, de acordo com levantamento da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil. A fumaça e o tempo seco agravam os problemas de quem possui doença respiratória e pressionam ainda mais o sistema de saúde já sobrecarregado pela pandemia do novo coronavírus.

Conforme a Defesa Civil, os números mostram que 73 incêndios em vegetação e mata foram registrados em maio e junho, em Paulínia. No ano passado, foram 45. Os bairros com mais ocorrências são Parque Brasil 500, Alto de Pinheiros, Saltinho e Santa Terezinha. “É necessário reduzir o número de pessoas que buscam atendimento no sistema público de saúde com problemas respiratórios decorrentes do período do tempo seco”, alertou a Prefeitura.

“O período de estiagem irá até setembro, e os incêndios tendem a aumentar nos próximos meses por conta de poucas chuvas. É importante a conscientização de toda a coletividade”, disse o secretário municipal de Proteção e Defesa Civil, Toní Guimarães. “A Defesa Civil atua no enfrentamento, na prevenção e combate, sempre em prol do bem-estar da população. Ao Meio Ambiente cabe fiscalizar e tomar as medidas pertinentes, como multar.”

A legislação penal determina que provocar incêndio ambiental é crime e, ao avistar um foco de incêndio em vegetação ou mata, a primeira atitude que a pessoa deve tomar é ligar para os telefones de emergência: 193 (Corpo de Bombeiros) e 199 ou (19) 3874-1516 (Defesa Civil). “Caso tenha visto quem ateou fogo, deve procurar anotar alguma informação que possa identificar o criminoso e repassar às autoridade”, orientou a Prefeitura.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.