Ir para conteúdo

[Paulínia]
Internações pela Covid-19 caem de 29 para 25 no hospital municipal

Conforme boletim da Prefeitura desta segunda-feira, oito deles ocupam leitos da Unidade de Terapia Intensiva; casos subiram para 1.436 (+24)

13 jul 2020 – 13h09
Equipes aplicam testes rápidos na população em situação de rua, em Paulínia (Foto: Divulgação)

Onúmero de pessoas internadas em razão da Covid-19 caiu de 29 para 25, no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”, nas últimas 24 horas. Segundo o boletim epidemiológico diário da Prefeitura, os casos subiram de 1.412 para 1.436 (+24). Outros 15 curados entraram para as estatísticas do município, totalizando 801. Segundo o Ministério da Saúde, o total de moradores da cidade testados positivos para o novo coronavírus desde o início da pandemia era de 1.651 (+20) até a tarde de domingo (12).

De acordo com o boletim epidemiológico da Prefeitura, até as 9h30, quatro pacientes Covid-19 deixaram o hospital municipal, reduzindo o número de internados de 29 para 25. A ocupação de leitos de UTI baixou de nove para oito de domingo para esta segunda-feira. Conforme servidores da linha de frente do combate à pandemia são 14 instalados, mas oito que podem receber doentes de quaisquer complicações devido ao número reduzido de funcionários. A Prefeitura garante que são 10 para o novo coronavírus, mesmo sem informar a contratação de profissionais da saúde o que permitiria a ampliação desse atendimento.

Novamente a Prefeitura não informou se os quatro pacientes que saíram do hospital municipal receberam alta ou foram transferidos para unidades da região ou para o hospital de campanha do Ibirapuera, na cidade de São Paulo. Os internados em Paulínia estavam nesta segunda-feira:

  • oito na UTI (100%) – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para o uso imediato dos 14 leitos de UTI instalados no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto no último dia 7);
  • cinco na Unidade Respiratória, que possui sete leitos;
  • 11 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário; e
  • um na Clínica Médica.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Fábio Luiz Alves, o serviço de atenção básica do SUS Paulínia ampliou suas ações para o controle da pandemia da Covid-19 em Paulínia. “A população em situação de rua tem sido prioridade da Coordenação da Atenção Básica e UBSs (Unidades Básicas de Saúde) com a realização de teste rápido e swab (secreção nasal e bucal)”. Dos 20 mil comprados pela Prefeitura, 8,7 mil foram aplicados até o dia 6 passado pela Secretaria Municipal de Saúde. Desse total, 1.368 tiveram seus resultados revelados no boletim epidemiológico diário: 931 positivos e 437 negativos.

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Paulínia informou nesta segunda-feira o calendário de pagamentos do Programa de Ação Social (PAS) deste mês: Viver em Família e Aluguel Social, dia 16; Renda Alimentação, dia 20; Renda Família, dia 22; e Bolsa Amamentação, dia 24. “Os recadastramentos seguem suspensos por causa da pandemia, sem prejuízos aos beneficiários”, destacou a Prefeitura.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.