Ir para conteúdo

[Infraestrutura]
Ponte da Rhodia vai ser liberada para o trânsito de veículos neste sábado

Previsão da Prefeitura é reativar às 17h30 a ligação entre Paulínia e Campinas; entrega está um ano atrasada e obra ficou cerca de R$ 1 milhão mais cara

11 jul 2020 – 11h57
Nova ponte na estrada da Rhodia, sobre o Ribeirão Anhumas, no limite com Campinas (Foto: Divulgação)

Otrânsito de veículos na ponte da estrada da Rhodia será liberado a partir das 17h30 deste sábado (11), segundo a Prefeitura de Paulínia. A obra orçada inicialmente em R$ 6 milhões e prevista para terminar em junho de 2019, passou por quatro prefeitos, ficou pronta com mais de um ano de atraso e ao custo total de cerca de R$ 7,1 milhões do dinheiro dos contribuintes.

A ligação entre Paulínia e Campinas pela estrada da Rhodia está interditada desde novembro de 2014, quando por problemas estruturais a ponte sobre o Ribeirão Anhumas foi bloqueada pela Prefeitura de Campinas. À época, registrava um Volume Diário Médio (VDM) de cerca de 4 mil veículos.

A demolição da antiga ponte para a construção da nova começou no dia 9 de outubro de 2018, na gestão do prefeito cassado Dixon Carvalho (Progressistas). Antes de ficar pronta, as obras da nova ponte passariam ainda pelos governos interinos de Du Cazellato (PL) e Loira (DC) e, agora, pelo mandato-tampão de Du Cazellato.

Segundo o que a própria Prefeitura informou no dia 25 de setembro de 2019, “ao assumir como prefeito, no final de janeiro, Antonio Miguel Ferrari, o Loira, regularizou o pagamento de três parcelas que se encontravam em atraso, o que possibilitou a retomada da obra”.

Naquela época o secretário municipal de Obras de Loira, Leonardo Viu Torres, hoje secretário municipal de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente de Du Cazellato, explicou a demora da conclusão da obra: “Ela foi prejudicada porque já passou por várias administrações, fazendo demorar mais que o esperado. Mas conseguimos regularizar pagamentos e fazer a obra caminhar.”

Nesta segunda passagem pela Prefeitura, Du Cazellato precisou fazer nova licitação para concluir serviços pendentes, como sinalização viária, instalação do guarda corpo, mitigação ambiental e pavimentação asfáltica. Após isso o município obteve junto à Cetesb a licença de operação e a ponte será liberada para uso neste sábado.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.