Ir para conteúdo

[Paulínia]
Internações pela Covid-19 pressionam UTI do hospital municipal

Boletim da Prefeitura desta quinta-feira revela que total de internados subiu de 26 para 29; nove estão em leitos da Unidade de Terapia Intensiva

9 jul 2020 – 14h45
Casos recuperados somam 699 no boletim epidemiológico diário da Prefeitura (Foto: Agência Brasil)

As internações em decorrência da Covid-19 subiram de 26 para 29 nas últimas 24 horas e seguem pressionando a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”. Conforme o boletim epidemiológico da Prefeitura desta quinta-feira (9), nove pessoas ocupam leitos de UTI. Há caso positivo até no Pronto-Socorro. O total de moradores que já testaram positivo para a doença desde o início da pandemia chegou a 1.258 – 60 a mais em relação à atualização de quarta-feira (8).

Mas o número de infectados do boletim epidemiológico diário da Prefeitura está 168 contaminados atrás do verificado na cidade tanto pelo Ministério da Saúde como pela Secretaria de Estado de Saúde: 1.426. Paulínia, rebaixada desde segunda-feira (6) para a fase 1 (vermelha) do Plano São Paulo de retomada gradual e regionalizada da economia no estado, segue por conta própria na etapa 2 (laranja), que permite funcionamento de lojas de rua, shopping, imobiliárias, escritórios em geral, concessionárias e revendas de veículos.

Até as 9h30 desta quinta-feira, o hospital municipal abrigava 29 pacientes suspeitos (5) e positivos (24) para a Covid-19. Um deles, positivo, estava no Pronto-Socorro. A UTI tinha nove leitos ocupados – um além de sua capacidade máxima de funcionamento, conforme testemunhos de servidores da linha de frente do combate à pandemia (são 14 instalados, mas oito que podem receber doentes de quaisquer complicações devido ao número reduzido de funcionários no local). A Prefeitura garante que são 10 para a pandemia.

Os pacientes positivos e negativos para o novo coronavírus do hospital municipal de Paulínia estavam nesta quinta-feira:

  • nove na UTI – mais de 100% – apesar de ter recebido 10 respiradores no último dia 15 do governo do estado, o município não anunciou o aumento de leitos de UTI na rede; já o processo seletivo do final de abril feito pela Prefeitura e que permitiria a contratação de funcionários para o uso imediato dos 14 leitos de UTI instalados no hospital municipal foi cancelado pelo governo municipal (um novo processo foi aberto terça-feira, dia 7);
  • sete na Unidade Respiratória, que possui sete leitos; e
  • 12 na Enfermaria Respiratória, que conta com oito leitos, mas que, segundo a Prefeitura, podem ser ampliados sempre que necessário; e
  • um no Pronto-Socorro.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.