Ir para conteúdo

[Paulínia]
Número de registros da Covid-19 aumenta 63% em uma semana

Boletim deste sábado adicionou cinco contaminados às estatísticas da cidade; do último dia 5 até agora, confirmações foram de 173 para 282

13 jun 2020 – 13h37
Agentes da Defesa Civil e guardas municipais realizam blitz educativa contra a Covid-19 (Foto: Divulgação)

Onúmero de registros de novos casos de moradores contaminados pela Covid-19 aumentou 63% em uma semana, em Paulínia. Neste sábado (13), cinco moradores foram adicionados às estatísticas do boletim epidemiológico diário, do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus. Do último dia 5 até as 9h30, o total de pessoas testadas positivas para a doença cresceu de 173 para 282 (+109).

De acordo com o boletim epidemiológico deste sábado, pelo segundo dia seguido, as internações decorrentes da Covid-19 caíram no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”. Depois de atingir na quinta-feira (11) 20 leitos ocupados com pacientes positivos e suspeitos, o maior nível desde o início da pandemia, baixou para 19 na sexta-feira (12) e está em 18 até a atualização das 9h30 desta manhã.

Dos 18 internados no hospital municipal, dois positivos e quatro suspeitos estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), totalizando seis; quatro suspeitos e um positivo, na Enfermaria Respiratória, somando outros cinco; seis casos suspeitos, na Unidade Respiratória; e um suspeito, na Pediatria. A Prefeitura não informou se esses dois pacientes tiveram alta hospitalar ou foram transferidos para outras unidades da região.

De acordo com a mais recente atualização da Prefeitura sobre a capacidade de Paulínia para atendimento de pacientes em decorrência do novo coronavírus, o hospital municipal possui 14 leitos de UTI – 10 reservados a pacientes da Covid-19 e quatro destinados para outras complicações que possam dar entrada no local; sete de Unidade Respiratória; e oito de Enfermaria Respiratória. “Porém, o número pode crescer se houver necessidade”, garante.

Desde o início da pandemia, a Secretaria de Estado da Saúde entregou 1.567 respiradores, que foram distribuídos para unidades hospitalares de 62 municípios e também equipou 50 ambulâncias com suporte para pacientes graves. A região de Campinas recebeu 82 respiradores de UTI para atendimentos de pacientes graves da Covid-19. Apenas nesta semana foram 72 equipamentos para hospitais estaduais, municipais e filantrópicos.

Somente para o município de Campinas foram 45 equipamentos, sendo 35 para os leitos de UTI do AME e 10 para o Hospital das Clínicas da Unicamp. Os demais equipamentos foram para as prefeituras de Americana (5), Hortolândia (5), Nova Odessa (2) e Sumaré (5). Também foram contemplados o Hospital “Augusto de Oliveira Camargo” de Indaiatuba (5), a Santa Casa Anna Cintra de Amparo (5), Hospital Santa Bárbara de Santa Barbara d’Oeste (5) e o Hospital Municipal “Walter Ferrari” de Jaguariúna (5).

Sexta-feira (12), a Prefeitura de Paulínia realizou blitz educativa em dois locais da cidade, com a participação de agentes da Defesa Civil e da Guarda Municipal. A primeira ocorreu na Avenida Antônio Batista Piva, no bairro Cooperlotes, e a segunda na Avenida João Vieira, no João Aranha.

Em ambos os locais, foram entregues materiais educativos sobre a Covid-19, reforçando o trabalho que o governo municipal informa ter iniciado em março. De acordo com a Prefeitura de Paulínia, outras ações de conscientização e de fiscalização estão programadas para ocorrer nos próximos dias.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.