Ir para conteúdo

[Paulínia]
Número de registros da Covid-19 aumenta 63% em uma semana

Boletim deste sábado adicionou cinco contaminados às estatísticas da cidade; do último dia 5 até agora, confirmações foram de 173 para 282

13 jun 2020 – 13h37
Agentes da Defesa Civil e guardas municipais realizam blitz educativa contra a Covid-19 (Foto: Divulgação)

Onúmero de registros de novos casos de moradores contaminados pela Covid-19 aumentou 63% em uma semana, em Paulínia. Neste sábado (13), cinco moradores foram adicionados às estatísticas do boletim epidemiológico diário, do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus. Do último dia 5 até as 9h30, o total de pessoas testadas positivas para a doença cresceu de 173 para 282 (+109).

De acordo com o boletim epidemiológico deste sábado, pelo segundo dia seguido, as internações decorrentes da Covid-19 caíram no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”. Depois de atingir na quinta-feira (11) 20 leitos ocupados com pacientes positivos e suspeitos, o maior nível desde o início da pandemia, baixou para 19 na sexta-feira (12) e está em 18 até a atualização das 9h30 desta manhã.

Dos 18 internados no hospital municipal, dois positivos e quatro suspeitos estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), totalizando seis; quatro suspeitos e um positivo, na Enfermaria Respiratória, somando outros cinco; seis casos suspeitos, na Unidade Respiratória; e um suspeito, na Pediatria. A Prefeitura não informou se esses dois pacientes tiveram alta hospitalar ou foram transferidos para outras unidades da região.

De acordo com a mais recente atualização da Prefeitura sobre a capacidade de Paulínia para atendimento de pacientes em decorrência do novo coronavírus, o hospital municipal possui 14 leitos de UTI – 10 reservados a pacientes da Covid-19 e quatro destinados para outras complicações que possam dar entrada no local; sete de Unidade Respiratória; e oito de Enfermaria Respiratória. “Porém, o número pode crescer se houver necessidade”, garante.

Desde o início da pandemia, a Secretaria de Estado da Saúde entregou 1.567 respiradores, que foram distribuídos para unidades hospitalares de 62 municípios e também equipou 50 ambulâncias com suporte para pacientes graves. A região de Campinas recebeu 82 respiradores de UTI para atendimentos de pacientes graves da Covid-19. Apenas nesta semana foram 72 equipamentos para hospitais estaduais, municipais e filantrópicos.

Somente para o município de Campinas foram 45 equipamentos, sendo 35 para os leitos de UTI do AME e 10 para o Hospital das Clínicas da Unicamp. Os demais equipamentos foram para as prefeituras de Americana (5), Hortolândia (5), Nova Odessa (2) e Sumaré (5). Também foram contemplados o Hospital “Augusto de Oliveira Camargo” de Indaiatuba (5), a Santa Casa Anna Cintra de Amparo (5), Hospital Santa Bárbara de Santa Barbara d’Oeste (5) e o Hospital Municipal “Walter Ferrari” de Jaguariúna (5).

Sexta-feira (12), a Prefeitura de Paulínia realizou blitz educativa em dois locais da cidade, com a participação de agentes da Defesa Civil e da Guarda Municipal. A primeira ocorreu na Avenida Antônio Batista Piva, no bairro Cooperlotes, e a segunda na Avenida João Vieira, no João Aranha.

Em ambos os locais, foram entregues materiais educativos sobre a Covid-19, reforçando o trabalho que o governo municipal informa ter iniciado em março. De acordo com a Prefeitura de Paulínia, outras ações de conscientização e de fiscalização estão programadas para ocorrer nos próximos dias.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.