Ir para conteúdo

[Pandemia]
Paulínia chega a 250 infectados e 14 internados pela Covid-19

Mais 30 casos de moradores contaminados foram adicionados ao boletim desta quarta-feira; outros cinco leitos estão ocupados com a doença

10 jun 2020 – 14h47
Equipe faz limpeza especial à noite em frente a estabelecimentos na Avenida José Paulino (Foto: Divulgação)

Outros 30 casos de moradores de Paulínia infectados pela pandemia da Covid-19 foram adicionados ao boletim epidemiológico diário, divulgado nesta quarta-feira (10), pelo Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus. As internações em decorrência do novo coronavírus igualmente cresceram no Hospital Municipal “Vereador Antônio Orlando Navarro” no período das últimas 24 horas: de nove para 14.

Conforme a Prefeitura de Paulínia, o aumento de casos confirmados na cidade está relacionado ao Programa de Testagem em Massa para Covid-19, iniciado no dia 4 passado. Moradores com febre ou problemas respiratórios podem fazer teste rápido nas Unidades Básicas de Saúde. Exames também são realizados em servidores do Paço Municipal, da Câmara Municipal e dos departamentos que compõem a linha de frente do combate à pandemia.

Nas últimas 48 horas, Paulínia registrou 70 casos da Covid-19. De segunda (9) para terça-feira, mais 40; e de terça para esta quarta-feira, outros 30. Até as 9h30 do dia 9, eram 180 contaminados na cidade. “Estaremos observando um avanço no número de casos confirmados para a Covido-19 até que os dados estejam completamente ajustados como informações no boletim diário”, escreveu o secretário municipal de Saúde, Fábio Luiz Alves, nas redes sociais.

As internações no hospital municipal de Paulínia também cresceram no intervalo de 24 horas. Até as 9h30 desta quarta-feira, conforme o comitê, eram quatro internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – dois positivos e dois suspeitos –; seis na Enfermaria Respiratória (um confirmado com a doença e cinco em investigação); e quatro casos suspeitos na Unidade Respiratória. Na terça-feira, a unidade hospitalar atendia nove pacientes da Covid-19.

A Prefeitura de Paulínia informou que atualmente o hospital municipal possui 14 leitos de UTI – 10 reservados a pacientes da Covid-19 e quatro destinados para outras complicações que possam dar entrada no local; sete de Unidade Respiratória; e oito de Enfermaria Respiratória. “Porém, o número pode crescer se houver necessidade”, garantiu.

O governo municipal prossegue com os trabalhos de desinfecção com água sanitária em pontos estratégicos da cidade, seguindo as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS). Na madrugada desta quarta-feira, equipe do Consórcio Paulínia Sempre Limpa, que cuida da limpeza pública do município, passou pela região central da Avenida José Paulino.

Nesta quarta, Paulínia seguia com quatro mortes confirmadas em decorrência do novo coronavírus e uma quinta em investigação. Os curados da doença subiram na cidade de 107 para 114 em relação à atualização de terça-feira, bem como os casos suspeitos da doença (de 303 para 319) e os descartados (de 345 para 358). Os testes rápidos aplicados aumentaram de 245 para 255: 145 positivos e 110 descartados.

A Vigilância Laboratorial, ligada à Secretaria Municipal de Saúde, informou que até o dia 7 de junho a Prefeitura havia aplicado 3.472 testes rápidos, dos 20 mil comprados. Mas nem todos terão seus resultados inseridos no boletim epidemiológico diário por causa das classificações do Ministério da Saúde e do total de testes aplicados não coincidir com o de pessoas devido às retestagens em pacientes. Confira a explicação detalhada no quadro abaixo.

Nesta quinta-feira (11), é feriado municipal de Corpus Christi em Paulínia, uma vez que o governo municipal não antecipou a data para no final de maio, a exemplo do fizeram municípios como Campinas e São Paulo. A Prefeitura decretou ponto facultativo na sexta (12) e criou uma folga prolongada de quatro dias. No período, funcionam todos os serviços essenciais. Os bancos fecham nesta quinta e reabrem no horário normal na sexta-feira.

Já o Centro de Voluntariado da Defesa Civil preparou uma homenagem epecial aos profissionais dos serviços essenciais, como forma de reconhecer o trabalho daqueles que estão na linha de frente contra a pandemia da Covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus, e permanecem em suas funções para servir a população.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.