Ir para conteúdo

[Custo de vida]
Petrobras reajusta em 5% preço do gás de cozinha vendido a distribuidoras

Preço médio da estatal será equivalente a R$ 24 por botijão de 13kg; aumento deverá impactar o preço do botijão ao consumidor final

 4 jun 2020 – 1h56
Distribuidoras e revendas são responsáveis pelos preços ao consumidor final (Foto: Agência Brasil)

APetrobras informou que vai reajustar em 5% o preço médio do gás liquefeito de petróleo (GLP) vendido pela companhia às distribuidoras a partir desta quinta-feira (4). Com isso, o preço médio da Petrobras será equivalente a R$ 24,08 por botijão de 13 quilos (kg).

As distribuidoras são as encarregadas pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final. O reajuste desta quinta-feira deverá impactar o preço do botijão do gás de cozinha vendido à população, em um efeito cascata.

A estatal petroleira destacou que no acumulado do ano, a redução no preço médio do GLP às distribuidoras é de 13,4%, ou R$ 3,72 por botijão de gás de cozinha de 13kg.

A companhia esclareceu que igualou desde novembro de 2019, os preços do gás liquefeito de petróleo para os segmentos residencial e industrial/comercial e que o GLP é vendido pela Petrobras às distribuidoras a granel.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.