Ir para conteúdo

[Boletim]
Paulínia confirma segunda morte em decorrência do novo coronavírus

Homem de 81 anos tinha doenças preexistentes, conforme comitê de enfrentamento da doença, e morreu terça-feira no hospital municipal

3 jun 2020 – 13h23
Profissionais de saúde na linha de frente do combate à pandemia do novo coronavírus (Foto: Agência Brasil)

OComitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus confirmou nesta quarta-feira (3) a segunda morte em Paulínia em decorrência da pandemia da Covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus. Trata-se de um homem de 81 anos, que tinha doenças anteriores. Outros seis casos com exames positivos foram adicionados às estatísticas do boletim epidemiológico diário, totalizando 156.

De acordo com a Prefeitura, o segundo óbito já era considerado e divulgado como caso positivo para a Covid-19 no boletim diário do comitê. A mais nova vítima fatal da doença no município tinha hipertensão, obesidade, cardiopatia e histórico de AVC. Iniciou os sintomas respiratórios no último dia 17 de maio, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

A Prefeitura informou que o homem deu entrada no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no último dia 21, após piora do quadro médico. O paciente evoluiu para óbito na terça-feira (2). Os familiares do homem estavam assintomáticos e permaneceram em isolamento domiciliar até o dia 31 de maio.

O comitê também descartou nesta quarta-feira a nona morte suspeita da Covid-19, após laudo do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo. Esse óbito foi comunicado no boletim do dia 12 de maio e se referia a uma mulher de 64 anos, que tinha neoplastia pulmonar. O município ainda apura uma morte pelo novo coronavírus. A quantidade de pacientes curados aumentou de 88 para 92 na cidade. Os moradores com a doença ativa agora somam 62.

O número de pacientes internados em razão da Covid-19 caiu de sete para seis nas últimas 24 horas no hospital municipal de Paulínia. De acordo com o comitê de enfrentamento, até as 9h30 desta quarta-feira, havia dois casos testados positivos para o novo coronavírus que estavam na Unidade de Terapia Intensiva e três suspeitos – um na UTI e dois na Enfermaria Respiratória. No total, 291 moradores aguardam resultados de exames: seis a mais em relação à terça-feira.

No início de abril, a Secretaria Municipal de Saúde iniciou a aplicação dos 20 mil testes rápidos comprados pelo município. Nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) começou no dia 27 de abril, em pessoas com febre e sintomas gripais. Do dia 9 de abril até o dia 26 de maio, teriam sido realizados 1.095 testes rápidos na cidade, incluindo servidores que estão na linha de frente do combate à pandemia. O boletim epidemiológico desta quarta-feira informa 198. A Prefeitura não explica a diferença nos números.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia 

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.