Ir para conteúdo

[Vaivém]
Trânsito é liberado em trecho remodelado na região do Fontanário

Prefeitura removeu rotatória e retorno que havia no local; terceira faixa de 200 metros de comprimento foi criada na Avenida Paulista

8 mai 2020 – 15h48
Trecho de trânsito remodelado na região da antiga rotatória do Fontanário (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia liberou o trânsito de veículos no trecho das avenidas José Paulino e Paulista que foi remodelado com a retirada da rotatória da região do Fontanário. O local é conhecido pelos frequentes congestionamentos, principalmente, no horário de pico da volta para casa.

O governo municipal removeu o balão do Fontanário e criou uma terceira faixa de rolamento de cerca de 200 metros na Avenida Paulista. A pista adicional tem início no final da José Paulino, sentido bairro, e vai até a altura do Colégio Cosmos. A intenção é dividir o trânsito de veículos em direção ao Planalto e Morro Alto daquele com destino ao João Aranha e São José e, assim, melhorar a fluidez no tráfego naquela região.

Terceira faixa foi implantada na pista da Avenida Paulista sentido João Aranha (Foto: Divulgação)

Com a remodelação do trânsito no local, os motoristas das regiões do Morro Alto e João Aranha que estão na Avenida Paulista, na pista em direção ao Centro, e desejam seguir sentido Fontanário ou retornar para o Jardim Planalto agora serão obrigados a seguir pela José Paulino, atravessar a ponte do Rio Atibaia e retornar no cruzamento com a Rua São Bento.

Até a publicação deste texto, o governo municipal não havia avaliado o resultado obtido no fluxo de veículos com a remodelação do trânsito no Fontanário. Conforme a Prefeitura, a obra naquela região foi realizada por uma construtora como contrapartida de um empreendimento imobiliário e não teve custo para o Município.

No local não há mais retorno para o Planalto nem acesso para o Fontanário (Foto: Divulgação)

Na prática, o trânsito na região do Fontanário voltou a ficar como durante as operações especiais que eram realizadas ainda no governo do prefeito cassado Dixon Carvalho (Progressistas). A medida foi anunciada no final de outubro de 2018 e ocorria apenas no horário de pico, quando a Secretaria de Transportes de Paulínia fechava com cavaletes o retorno da Paulista para o Jardim Planalto e o acesso ao Portal Colonial.

A intervenção na rotatória durou dez dias, entre os dias 5 e 14 de novembro, de segunda a sexta-feira, no período das 17h às 19h. À época o motorista que seguia na Avenida Paulista e desejava acessar o Portal Colonial ou retornar para o Planalto também deveria fazer o retorno no semáforo da Rua São Bento. Já o novo caminho proposto para a região do João Aranha e Jardim São José era passar pelo Portal Colonial e acessar a Avenida Roberto Mange.

Imagem que indicava o fechamento de acesso e retorno na antiga rotatória (Foto: Divulgação)

“No período de dez dias, segundo o que se pode avaliar, houve ganho de até 25 minutos no trajeto entre o Centro e a rotatória”, disse à época o engenheiro de trânsito da Secretaria Municipal de Transportes Alair Roberto Godoy, responsável pelas mudanças na circulação dos veículos, no dia 21 de novembro de 2018, quando anunciou a retomada da operação. “O pico, que normalmente se estende até as 19h30, tem acabado às 19h. Sob este aspecto a operação foi bem sucedida.”

A solução definitiva estava prevista sair no início de 2019. “A proposta é implantar um semáforo no local a fim de reduzir o desconforto causado pela interdição, sem que percamos o ganho da fluidez na avenida”, afirmou o engenheiro. Mas isso somente ocorreria em setembro daquele ano, já no governo interino de Loira (DC), hoje presidente da Câmara de Vereadores, e durou apenas duas horas por causa do nó que deu no fluxo de veículos.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.