Anúncios
Ir para conteúdo

[Pandemia]
Velório em Paulínia vai durar uma hora e ter limite de seis participantes

Corpo de pessoa confirmada ou em investigação da Covid-19 seguirá diretamente para sepultamento com a presença de dois familiares

2 mai 2020 – 12h33

As regras para realização de velórios sofreram novas mudanças em Paulínia por causa da pandemia da Covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus. Agora, cerimônia fúnebre de não suspeito da doença deve durar uma hora e ter limite de seis pessoas. Corpos de casos confirmados ou em investigação vão seguir diretamente para o sepultamento com a presença de dois familiares.

As mudanças foram determinadas pelo prefeito Du Cazellato (PL) e publicadas no Semanário Oficial do último dia 30. As novas medidas endurecem as regras fixadas no último dia 21 de março, quando Paulínia liberou realização de velórios com restrições de público e horário para conter a disseminação do novo coronavírus nesses ambientes.

Confira o que pode na hora de se despedir de um familiar:

– Velórios de pessoas não qualificadas como suspeitas da Covid-19

  • o número de familiares presentes à cerimônia de velório e no sepultamento fica limitado a seis pessoas, com a possibilidade de adoção de sistema de rodízio, evitando sempre aglomeração;
  • o tempo da cerimônia de velório fica limitado a uma hora de duração;
  • a cerimônia de velório deverá ocorrer obrigatoriamente entre as 7h e às 16h;
  • os responsáveis pela organização e realização da cerimônia de velório deverão providenciar avisos, a serem afixados em local de fácil visualização, recomendando que pessoas maiores de 60 anos, grávidas, crianças menores de 12 anos e portadores de comorbidades não ingressem no local; e
  • as pessoas e ou familiares com sintomas relacionados à gripe, como tosse, febre, ou sob qualquer suspeita de contaminação, não devem comparecer aos velórios, devendo permanecer em isolamento em seu domicílio.
  • Durante o período da pandemia da Covid-19 não será permitida a realização de velórios em igrejas, templos, auditórios e salão nobre de instituições públicas ou privadas.
  • Nos casos de realização de cerimônia de velório, deve o responsável pelo serviço disponibilizar no local da cerimônia as medidas de segurança sanitária, a exemplo de água, sabonete líquido, papel toalha e álcool em gel 70% para a higienização das mãos e medidas de distanciamento.
  • Os responsáveis pelo serviço funerário deverão tomar todas as medidas de segurança conforme orientações normativas expedidas pelas autoridades sanitárias.

– No caso de morte de pessoa com diagnóstico confirmado ou suspeito da Covid-19

  • os corpos deverão ser embalados em sacos de óbito devidamente identificados, colocados em urnas lacradas, e seguir diretamente para o sepultamento, sem a realização de cerimônia de velório e sem público presente no cemitério, podendo ser acompanhado por apenas dois familiares ou representantes da família.
  • Todos aqueles que forem manusear os corpos de pessoas suspeitas ou confirmadas de contaminação pela Covid-19 devem estar equipados com os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) indicados pelas normas técnicas emitidas pelas autoridades sanitárias responsáveis.
  • Constitui obrigação dos serviços funerários a afixação e a adoção das normas constantes deste decreto em suas dependências.

O decreto com as novas regras para realização dos velórios em Paulínia já está em vigor desde o último dia 30. As medidas terão validade enquanto perdurar o estado de calamidade pública decretado na cidade por Du Cazellato em função da pandemia da Covid-19

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.