Ir para conteúdo

[Pandemia]
Paulínia registra o 15º caso confirmado do novo coronavírus

Anúncio foi feito por meio do boletim epidemiológico diário do Comitê de Prevenção e Enfrentamento da Covid-19 no município

25 abr 2020 -18h14
Pacientes com suspeita da doença aguardam resultados de exames em Paulínia (Foto: Agência Brasil)

Paulínia registrou neste sábado (25) o 15º paciente que foi infectado pelo novo coronavírus, causador da doença Covid-19. A cidade segue com uma morte confirmada e outra em investigação, de acordo com o boletim epidemiológico diário do Comitê de Prevenção e Enfrentamento à pandemia no município.

Até as 15h30 deste sábado, segundo o mesmo boletim epidemiológico, o Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” estava com quatro pacientes suspeitos da Covid- 19: dois deles na Enfermaria Respiratória, um terceiro na Unidade Respiratória e o quarto na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O número de casos suspeitos do novo coronavírus caiu de 44 para 42 nas últimas 24 horas e os descartados subiu de 114 para 117. O total de pacientes curados, por meio do hospital municipal ou de isolamento domiciliar, se manteve estável: 10. Até aqui cinco óbitos pela doença foram descartados na cidade.

Embora o montante de testes rápidos continue 16 desde segunda-feira passada, a Administração informou que utiliza parte dos 20 mil comprados (2,5 mil chegaram até agora) no hospital municipal, conforme critérios fixados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo a própria Secretária Municipal de Saúde, pacientes internados no hospital municipal de Paulínia começaram a ser testados no último dia 18; e, na quarta-feira passada, servidores das áreas de Saúde e Segurança Pública que estejam no nono dia com sintomas gripais, contados pela Vigilância em Saúde.

Conforme dados coletados pela Divisão de Vigilância Epidemiológica até as 15h30 desta sexta-feira (24), o que não inclui o caso desde sábado, a região da Unidade Básica de Saúde (UBS) Betel segue com mais ocorrências da Covid-19 em Paulínia: cinco. Depois vêm as do Centro (formada por Centro I e Centro II), com quatro; e Monte Alegre, três. Cada uma delas teve um caso a mais em relação ao boletim semanal anterior do Departamento de Vigilância em Saúde.

Além dessas regiões, há casos da Covid-19 em Paulínia nas áreas de abrangência das UBSs Planalto e Cooperlotes. Do total de 14 pacientes com exames positivos para o novo coronavírus em Paulínia, de acordo com o boletim semanal, 71,2% possuem idade inferior a 60 anos. Oito são homens e seis, mulheres.

A taxa de adesão dos paulinenses a quarentena voltou a cair para 47%, no menor nível já registrado na cidade desde o início da quarentena. Ficou um ponto percentual abaixo do registrado no estado de São Paulo e 23 do índice considerado ideal pela Secretaria da Saúde do Estado para reduzir a velocidade do avenço da pandemia.

Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), novas mortes pela Covid-19 foram registradas neste sábado: em Campinas, a 12ª; Hortolândia, a 5ª; e Itatiba, a segunda. Novos casos da doença surgiram em cidades como Campinas (+26), Americana (+5), Itatiba (+1) e Sumaré (+4).

O estado de São Paulo registrou neste sábado 1.667 mortes pelo novo coronavírus, 155 a mais desde sexta-feira. Há pelo menos um óbito em 128 cidades, ou seja, uma a cada cinco do estado. Neste sábado foi registrada uma morte de uma criança com sete meses de vida, com comorbidades, na Capital. É a primeira na faixa etária entre 0 e 10 anos.

Neste sábado são também 20.004 casos confirmados em 285 municípios, número que representa 44% do território estadual. A concentração na Capital é de aproximadamente 65% dos casos e 66% das mortes, percentual que vem caindo à medida que ocorre o avanço da doença para Interior, Litoral e Grande São Paulo, que já somam 568 óbitos e 6.906 casos.

Nas últimas 24 horas, mil novos pacientes foram internados, chegando a 7,4 mil suspeitos e confirmados em hospitais de SP – 2.906 em UTI e 4.546 em enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos para atendimentos Covid-19 em UTI no estado de São Paulo está em 58,9%. É maior na Grande São Paulo, onde é de 77,3% neste sábado.

O Brasil chegou a 58.509 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada neste sábado. Nas últimas 24 horas, entraram nas estatísticas 5.514 pessoas infectadas, um aumento de 7,1% e relação à sexta-feira (24), quando foram registrados 52.995 casos confirmados. Até o momento, são 29.160 recuperados, o que equivale a 50%, e outros 25.333 estão em acompanhamento, o equivalente a 43%.

Já o número de mortes subiu para 4.016, com 346 novos óbitos de sexta para este sábado, um incremento de 9,4%. Segundo o Ministério da Saúde, 1.312 mortes estão em investigação. São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no País, concentrando o maior número de falecimentos (1.667). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (615), Pernambuco (381), Ceará (310) e Amazonas (287).

Além disso, foram registradas mortes no Maranhão (100), Pará (86), Bahia (70), Paraná (69), Minas Gerais (58), Paraíba (46), Espírito Santo (47), Santa Catarina (42), Rio Grande do Norte (38), Rio Grande do Sul (31), Alagoas (29), Distrito Federal (26), Goiás (25), Amapá (19), Piauí (17), Acre (11), Sergipe (nove), Mato Grosso (nove), Mato Grosso do Sul (sete), Rondônia (sete), Roraima (três) e Tocantins (duas).

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.