Ir para conteúdo

[Prevenção]
Defesa Civil de Paulínia dá início a operação estiagem deste ano

De acordo com a Prefeitura, João Aranha, Betel e Alto dos Pinheiros foram os bairros com mais focos de queimadas durante o ano passado

24 abr 2020 – 17h52
Integrantes da Defesa Civil combatem fogo em vegetação durante operações passadas (Foto: Divulgação)

ASecretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Paulínia iniciou nesta sexta-feira (24) a Operação Estiagem 2020, que irá até setembro. O período é marcado pela falta de chuvas, baixa umidade relativa do ar, altas temperaturas e focos de incêndios.

De acordo com a Prefeitura, serão priorizadas ações preventivas, além do efetivo combate às queimadas. O monitoramento das áreas de incêndios será por meio de imagens de satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

A Defesa Civil estará à frente da operação, mas o trabalho envolve uma força-tarefa multidisciplinar, com apoio das secretarias municipais de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente e Obras e Serviços. O Corpo de Bombeiros também faz parte da operação.

Durante o ano passado, os bairros com mais focos de queimadas em Paulínia foram João Aranha, Betel e Alto dos Pinheiros, conforme levantamento da Prefeitura. Ela não informou quantos incêndios foram registrados na cidade em 2019.

Nos termos da legislação penal, provocar incêndio ambiental é crime. Quem avistar um foco de queimada deve ligar para os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros), 199 (Defesa Civil) ou 190 (Polícia Militar).

A Prefeitura de Paulínia orienta que se alguém testemunhar alguma pessoa ateando fogo em vegetação, lixo, ou em qualquer outro lugar, deve procurar anotar alguma informação que possa identificar o criminoso e repassar às autoridades.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.