Ir para conteúdo

[Paulínia]
Saúde começa a aplicar testes rápidos para Covid-19 nas UBSs dia 27

Conforme o secretário Fábio Alves, esses exames passam a ser feitos nesta quarta-feira em servidores que estão no combate à pandemia

22 abr 2020 -11h55
Caixas de testes rápidos que teriam sido entregues pela Aimara Comércio e Representações (Foto: Divulgação)

Osecretário municipal de Saúde, Fábio Luiz Alves, informou que a partir da próxima segunda-feira ( 27) Paulínia vai iniciar a aplicação de testes rápidos para a Covid-19 em pessoas que apresentam sintomas no nono dia de manifestação da gripe, nas 10 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade. O resultado demora cerca de 15 minutos para sair. Nesta quarta (22), esses exames começaram a ser feitos em servidores da Saúde, Segurança Pública e em outros que estão na linha de frente do combate à pandemia.

De acordo com Alves, Paulínia recebeu no último domingo (19) mais 2,5 mil testes rápidos do total de 20 mil comprados pelo valor global de R$ 1,780 milhão, sem concorrência pública, de acordo com o que permite o decreto do prefeito Du Cazellato (PL) que instaurou o estado de calamidade pública no município. O secretário destacou que esta semana a fornecedora enviará mais cotas até chegar ao total encomendado.

Pelo contrato assinado com a Prefeitura de Paulínia, a Aimara Comércio e Representações Ltda, de Campinas, tem até seis meses para concluir a entrega dos testes rápidos para a Covid-19. Os pagamentos são realizados conforme chegam. Até então, a Secretaria Municipal de Saúde dispunha de 70 deles. O secretário de Saúde não revelou o valor que o Município já pagou à fornecedora.

Alves informou que a realização dos testes rápidos já foi iniciada no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Orlando Navarro” “para pacientes internados e trabalhadores, também respeitando o nono dia de sintomas para ser feito”, explicou. De acordo com o boletim epidemiológico que mostra o avanço da Covid-19 na cidade, 16 deles tinham sido aplicados até as 15h30 desta terça-feira (21). Eles começaram a aparecer nos boletins no último dia 11.

“A escala ampliada para a população em geral será realizada com PCR, exame que detecta as pessoas com Covid-19 sem sintomas e que será estendido para todos os familiares e contatos de casos positivos, nas 10 UBSs”, explicou Alves. Por esse sistema o resultado sai em pelo menos 48 horas, mas o no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, estava levando de 10 a 15 dias por causa da alta demanda. A secretaria estadual prometeu zerar a fila de exames do estado todo até esta quarta-feira (22).

“A Secretaria Municipal de Saúde de Paulínia está planejando ainda essa semana a melhor maneira de realizar o PCR para a população em geral”, destacou Alves.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.