Ir para conteúdo

[Isolamento]
Prefeitura prorroga quarentena até o próximo dia 10 de maio

Prefeito Du Cazellato (PL) seguiu a determinação do governo do Estado e somente podem seguir funcionando atividades essenciais

22 abr 2020 – 20h16
Paço Municipal de Paulínia ‘Palácio Cidade Feliz’: cidade vive quarentena desde 24 de março (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia prorrogou a quarentena em toda a cidade até o próximo dia 10 de maio. Com isso podem seguir funcionando na cidade apenas comércios e serviços considerados essenciais no município, como farmácias, supermercados, postos de combustíveis, transportadoras, entre outras atividades. As aulas na rede municipal seguem suspensas.

De acordo com a Prefeitura, o prefeito Du Cazellato (PL) seguiu a decisão do governo de São Paulo, tomada na última sexta-feira (17). A quarentena está em vigor nas 645 cidades paulistas desde o dia 24 de março. No último domingo (19), manifestantes realizaram uma carreata pedindo a abertura total do comércio em Paulínia.

Nesta nova fase da quarentena até o próximo dia 10 de maio fica determinado o mesmo que já valendo até esta quarta-feira:

  • Fica autorizado o funcionamento dos estabelecimentos que tenham por objeto atividades essenciais, na seguinte conformidade:
  1. Saúde: hospitais, clínicas médicas, farmácias, lavanderias e serviços de limpeza e hotéis;
  2. Alimentação: supermercados e congêneres (açougues, peixarias), estabelecimentos de alimentação de animais, bem como os serviços de entrega (delivery) e “drive thru” de bares, restaurantes e padarias;
  1. Abastecimento: transportadoras, postos de combustíveis e derivados, armazéns, oficinas de veículos automotores, lojas de material de construção e empresas de locação de veículos;
  2. Segurança: serviços de segurança pública e privada;
  3. Comunicação social: meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens, serviços de call center;
  4. Demais atividades relacionadas no §1º do artigo 3º do Decreto Federal nº 10.282, de 20 de março de 2020.

O Decreto Municipal 7798 de 22 de abril será publicado na edição extra do Semanário 1.874. O isolamento social tem o objetivo de diminuir a velocidade da disseminação do novo coronavírus, que provoca a doença Covid-19. Paulínia tinha até terça-feira (22), 13 casos confirmados da pandemia e investigava duas mortes suspeitas.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.