Anúncios
Ir para conteúdo

[SIMI-SP]
Isolamento sobe para 62% e Paulínia registra segunda melhor taxa da RMC

Índice medido na cidade ficou atrás de Vinhedo (63%) em comparação aos resultados das 10 cidades monitoradas no bloco regional

20 abr 2020 – 17h
Vista aérea da região central de Paulínia; isolamento social em alta na cidade (Foto: RT Imagens)

Paulínia registrou neste domingo (19) a segunda melhor marca de isolamento social entre as 10 cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC), avaliadas pelo Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do governo de São Paulo. Com taxa de 62% – alta de 13 pontos percentuais em relação a sábado (18) –, ficou atrás apenas de Valinhos (63%) e empatada com Hortolândia.

O resultado de 62% deixou Paulínia a oito pontos percentuais do índice de 70%, considerado o ideal pelo coordenador do Centro de Contingência do coronavírus no estado, o médico infectologista David Uip, para diminuir a velocidade da disseminação da Covid-19. O estado de São Paulo e a média da RMC atingiram a taxa de 59%.

Paulínia foi a cidade monitorada da RMC que teve a maior alta no índice de isolamento social de sábado para domingo, 13 pontos percentuais (em comparação com sexta foi 15). Os demais municípios do bloco regional registraram crescimento entre nove e seis pontos percentuais. Essa adesão dos paulinenses é a segunda melhor desde quando foi decretada a quarentena cidade. O recorde é do dia 29 de março, 63%.

  • Paulínia: 62% – treze pontos percentuais acima de sábado;
  • Americana: 58% – nove pontos percentuais acima de sábado;
  • Campinas: 58% – seis pontos percentuais acima de sábado;
  • Hortolândia: 62% – seis pontos percentuais acima de sábado;
  • Indaiatuba: 60% – seis pontos percentuais acima de sábado;
  • Itatiba: 56% – sete pontos percentuais acima de sábado;
  • Santa Bárbara d’Oeste 51% – seis pontos percentuais acima de sábado;
  • Sumaré: 50% – oito pontos percentuais acima de sábado;
  • Valinhos: 60% – seis pontos percentuais acima de sábado; e
  • Vinhedo: 63% – seis pontos percentuais acima de sábado.

Neste domingo, Paulínia completou um mês do anúncio do primeiro caso confirmado da Covid-19 na cidade: um representante bancário de 36 anos, segundo o informe do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus. Por volta das 15h30 deste domingo também houve uma carreata pedindo a reabertura total de comércios e serviços com o isolamento social somente do grupo de risco para doença.

Na última sexta-feira (17), o governador João Doria (PSDB) prorrogou a quarentena nos 645 municípios do estado de São Paulo até o próximo dia 10 de maio. O prefeito Du Cazellato (PL) informou que nesta quarta-feira (22) vai sair a decisão se Paulínia seguirá ou não o governo estadual. Até as 15h30 deste domingo, o município tinha 11 pacientes com a Covid-19 e investigava três mortes.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.