Anúncios
Ir para conteúdo

[Boletim]
Paulínia soma 11 pacientes infectados e quatro curados da Covid-19

Hospital municipal tem uma internação pelo novo coronavírus na UTI e outra na Enfermaria Respiratória, segundo comitê de enfrentamento

16 abr 2020 – 21h41
Paulínia aguarda a chegada de resultados de exames enviados ao Adolfo Lutz (Foto: Divulgação)

P

aulínia registrou nesta quinta-feira (16) aumento no número de pacientes infectados e curados do novo coronavírus, que causa a doença Covid-19. Agora são 11 moradores com exames positivos (um a mais que quarta-feira) e outros quatro que venceram a pandemia – um com alta hospitalar e três após isolamento domiciliar.

De acordo com o boletim epidemiológico que revela o avanço da doença no município, até as 15h30, dois pacientes com suspeita da Covid-19 seguiam no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”: um na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outro na Enfermaria Respiratória.

Paulínia ainda investiga 55 casos suspeitos, 14 a menos que quarta-feira (69); e duas mortes pelo novo coronavírus que aguardam resultados de exames no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Três óbitos já foram descartados, bem como 84 notificações da Covid-19 – 15 a mais em relação à quarta (69).

Nas últimas 24 horas foram feitos mais quatro testes rápidos em pacientes que buscaram atendimento médico no hospital municipal com sintomas do novo coronavírus. Até quarta-feira, nove dos 50 entregues da compra de 20 mil tinham sido utilizados. Todos os quatro testaram negativo para a Covid-19.

O governo do Estado anunciou nesta quinta-feira a antecipação da abertura do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Campinas que irá reforçar a rede de assistência aos casos do novo coronavírus na região. O funcionamento estava previsto para o final de abril, mas foi antecipado para esta segunda.

“Já estão em atividades 15 leitos clínicos e amanhã (sexta-feira) entram em funcionamento mais 10 leitos de UTI”, disse o governador João Doria (PSDB). A unidade receberá casos encaminhados por meio da Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde (CROSS).

A unidade foi construída por meio do programa Saúde em Ação, parceria da Secretaria de Estado da Saúde com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Foram investidos, no total, R$ 51 milhões para a obra e compra de equipamentos.

O prédio tem uma área construída de mais de 7 mil metros quadrados em um terreno de 14 mil metros quadrados, que conta ainda com um CAPS do Programa Saúde em Ação, inaugurado em 2019. Está localizado à Avenida Prefeito Faria Lima, 486, na Vila Industrial, Campinas.

A Região Metropolitana de Campinas (RMC) registrou três mortes pela Covid-19 nesta quinta-feira, elevando o total para 17. Duas mulheres de 71 e 90 anos morreram em Campinas, que agora tem sete óbitos pela doença. O município confirmou mais 14 testes positivos, subindo para 152 o montante de pacientes contaminados.

A Prefeitura de Hortolândia confirmou o primeiro óbito pela Covid-19 no município. A vítima é uma mulher, com 35 anos de idade. O número de pacientes com exames positivos para a Covid-19 subiu de sete para 12 nas últimas 24 horas. O município não divulgou nenhum óbito suspeito pela doença.

Monte Mor (+1), Valinhos (+2), Holambra (+1), Vinhedo (+2), Indaiatuba (+5), Engenheiro Coelho (+1), Itatiba (+4), Nova Odessa (+1), Santa Bárbara d’Oeste (+1) e Santo Antônio de Posse (1) também registraram nesta quinta-feira mais pacientes contaminados com a Covid-19. As mortes suspeitas cresceram em Vinhedo (+2) e Sumaré (+2).

O Estado de São Paulo registrou nesta semana uma morte a cada 30 minutos pelo novo coronavírus. Os números desta quinta-feira (16) somam 853 óbitos pela Covid-19, com uma média de 60 por dia. Somente nesta quinta  foram contabilizadas 75 novas mortes.

Os números desta semana também mostram ainda que, a cada dia, há pelo menos 100 novas internações de pacientes. Nesta quinta, são 2,3 mil casos confirmados da doença internados em hospitais, sendo 1.115 em leitos de UTI e 1.264 em enfermarias. Quarta eram 2,2 mil internados; anteontem, 2,1 mil, o que comprova a demanda crescente.

O número de casos confirmados da doença chega a 11.568, ou seja, 2,6 mil a mais desde segunda-feira, quando eram 8.895 confirmados. Já são 209 cidades com pelo menos um caso e 83 municípios com no mínimo um óbito. Entre as vítimas fatais, estão 507 homens e 346 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 79,3% das mortes.

Em meio à troca de comando, o Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira novo balanço de casos confirmados e óbitos relacionados ao novo coronavírus. Os óbitos totalizaram 1.924, enquanto as pessoas infectadas chegaram a 30.425.

O número de mortes é 10% superior ao divulgado quarta-feira, quando foram contabilizadas 1.736 mortes. Nas últimas 24 horas, 188 pessoas morreram, menos do que nos dois dias anteriores, quando foi batido o recorde de 204 novas mortes.

Aumento

O total de casos confirmados nesta quinta marcou um aumento de 7% em relação à quarta-feira, quando foram registrados 28.320 casos confirmados. O número de novos casos confirmados nas últimas 24 horas foi de 2.105, menos do que os 3.058 anunciados quarta.

São Paulo concentra o maior número de óbitos (853), quase três vezes o número do segundo colocado, o Rio de Janeiro (300). Os estados são seguidos por Pernambuco (160), Ceará (124) e Amazonas (124).

Estados

Além disso, foram registradas mortes no Paraná (41), Maranhão (37), Minas Gerais (33), Bahia (30), Santa Catarina (29), Pará (24), Paraíba (24), Rio Grande do Norte (20), Rio Grande do Sul (19), Espírito Santo (22), Distrito Federal (20), Goiás (16), Piauí (oito), Amapá (sete), Alagoas (cinco), Mato Grosso do Sul (cinco), Mato Grosso (cinco), Acre (cinco), Sergipe (quatro), Roraima (três), Rondônia (três) e Tocantins (um).

A taxa de letalidade do Brasil ficou em 6,3%, mesmo índice registrado na quarta-feira.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.