Ir para conteúdo

[Saúde]
Paulínia registra 79 casos de dengue nos três primeiros meses do ano

Unidade de Controle de Vetor começou nesta segunda-feira mais um mutirão de limpeza e combate ao mosquito Aedes aegypti

13 abr 2020 – 12h28
Objetivo é ampliar o controle e combate de criadouros do mosquito da dengue (Foto: Divulgação)

Paulínia registrou 79 casos de dengue nos três primeiros meses deste ano, de acordo com o boletim da Vigilância em Saúde. Em 2019, até o dia 15 março, a cidade tinha contado 15 pacientes com a doença. Conforme o mais recente estudo da Secretaria Municipal de Saúde, no primeiro trimestre de 2020, não houve nenhum registro de zika e chikungunya no município.

O boletim da Vigilância em Saúde engloba as 13 primeiras semanas epidemiológicas (SE) em Paulínia. As informações se referem aos casos de arboviroses na cidade no período entre os dias 1º de janeiro e 28 de março. Arboviroses são doenças causadas por vírus transmitidos por meio de vetores como o mosquito Aedes aegypti: dengue, zika e chikungunya.

Os bairros que registraram até o dia 28 de março o maior número de pacientes com dengue foram São José 1 e 2 (12), Bom Retiro (9), Monte Alegre 2, 3 e 4 (6) e João Aranha (6). Confira no quadro abaixo a situação por área de cada Unidade Básica de Saúde (UBS).

Para segurar o avanço do mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de Paulínia deu início nesta segunda-feira (13) a mais um mutirão de limpeza e combate a dengue. A ação começou nos bairros João Aranha, Jardim Ibirapuera e Parque Bom Retiro e a programação completa será divulgada até quarta (15).

O foco do mutirão serão residências, áreas comerciais e terrenos baldios. Paulínia tem cerca de 37 mil imóveis. “O objetivo é ampliar o controle e combate de criadouros do mosquito da dengue, pensando no aumento da população em isolamento devido à pandemia gerada pelo Covid-19”, ressaltou a Prefeitura.

A orientação é para que a população, nos dias do mutirão, coloque nas calçadas os materiais inservíveis para que sejam coletados e devidamente descartados. Os trabalhos envolvem agentes da Unidade de Controle de Vetor (UCV), da Secretaria Municipal de Saúde, servidores da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos e funcionários do Consórcio Paulínia Sempre Limpa.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.