Ir para conteúdo

[Balanço]
Paulínia chega a 10 pacientes infectados com o novo coronavírus

Casos descartados da Covid-19 subiram para 60 – no domingo eram 46; notificações suspeitas baixaram de 89 para 79 com novos resultados

13 abr 2020 – 22h21
Profissionais da área da Saúda com amostra para exame do novo coronavírus (Foto: Agência Brasil)

Onúmero de pessoas infectadas com a Covid-19 em Paulínia subiu de oito para 10 nas últimas 24 horas, conforme boletim epidemiológico do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus, divulgado na noite desta segunda-feira (13). A boa notícia é que o total de ocupação de leitos do Hospital Municipal “Vereador Antônio Orlando Navarro” com a doença baixou de sete para seis.

Nesta segunda, o hospital municipal estava com um paciente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dois na Unidade Respiratória e três na Enfermaria Respiratória. No domingo (12), eram quatro na Unidade Respiratória e três na UTI. Todas essas pessoas aguardam exames do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, para confirmar ou descartar a Covid-19. Os dados refletem a situação até as 18h desta segunda-feira.

O número de pacientes suspeitos com o novo coronavírus em Paulínia caiu de 89 para 79 e os descartados aumentou de 46 para 60. O total de testes rápidos aplicados no hospital municipal subiu para nove nesta segunda-feira, ou quatro a mais que domingo, quando eram cinco. A cidade segue com cinco mortes sendo apuradas e com um caso curado com alta hospitalar. Não havia até as 18h, nenhuma morte decorrente da Covid-19 no município.

Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), as cidades de Campinas (+19), Morungaba (+2), Americana (+1), Valinhos (+1), Hortolândia (+1), Itatiba (+1) e Vinhedo (+1) registraram novos pacientes infectados com a Covid-19 nesta segunda-feira. Americana ainda informou a terceira morte pela doença, a 12ª do bloco regional de 20 cidades. Já Valinhos investiga mais cinco óbitos pelo novo coronavírus.

Nesta segunda-feira, o Estado de São Paulo divulgou que possui 608 óbitos e 8.895 casos confirmados do novo coronavírus. Apenas até esta tarde, foram 20 novas mortes e 140 casos a mais, em relação a domingo (12). São 167 cidades com pelo menos um caso e 65 municípios com no mínimo um óbito.

Entre as vítimas fatais, estão 351 homens e 257 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 82,2% das mortes. O Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do governo de São Paulo mostrou que o percentual de isolamento social no Estado foi de 59% neste domingo (12). O ideal seria de 70%.

O número de mortes decorrentes do novo coronavírus no Brasil subiu para 1.328, um acréscimo de 105 óbitos nas últimas 24 horas. A nova totalização foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira. O resultado marca um aumento de 9% em relação a domingo (12).

São Paulo concentra o maior número de casos (8.895) e de mortes (608), com mais da metade do total contabilizado na atualização. Em seguida, os estados com os maiores números de mortes são Rio de Janeiro (188), Pernambuco (102), Ceará (91) e Amazonas (71).

Tocantins é o único estado brasileiro onde ainda não houve morte. Há óbitos também no Paraná (31), Maranhão (27), Santa Catarina (24), Minas Gerais (23), Bahia (22), Rio Grande do Norte (17), Rio Grande do Sul (16), Distrito Federal (15), Pará (15), Espírito Santo (14), Goiás (15), Paraíba (13), Piauí (8), Amapá (5), Sergipe (4), Mato Grosso do Sul (4), Mato Grosso (4), Alagoas (3), Acre (3), e Roraima (3) Rondônia (2).

O número de casos no Brasil somou 23.430. O número representa um crescimento de 6% em relação a domingo, quando o balanço do Ministério da Saúde marcou 22.169. A taxa de letalidade do País ficou em 5,7%. No perfil das vítimas, 58,9% eram homens e 41,1%, mulheres. Do total, 74% tinham acima de 60 anos e 75% apresentavam algum fator de risco, como cardiopatia, pneumopatia, diabetes e doenças neurológicas.

Os casos confirmados nas últimas 24 horas totalizaram 1.261, menos do que domingo, quando foram 1.442. O resultado é também menor do que os registrados na última semana, quando chegaram a ser agregados às estatísticas 2.210 casos na quarta-feira (8).

As hospitalizações pela Covid-19 totalizaram 4.926. No entanto, ainda há 31.605 pessoas internadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em investigação, dependendo de testes para averiguar se são casos de infecção pelo novo coronavírus ou não.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.