Anúncios
Ir para conteúdo

[Parabéns]
Homem de 78 anos é o primeiro curado da Covid-19 no hospital de Paulínia

Anúncio

Médicos e funcionários da unidade hospitalar acompanharam a saída do paciente que faz tratamento oncológico e ainda é hipertenso

11 abr 2020 – 14h52

APrefeitura divulgou na tarde deste sábado (11) o vídeo do primeiro paciente que foi curado da Covid-19, no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”. J.G.S., de 78 anos, estava internado desde o dia 1º de abril, quando apresentou quadro de tosse seca, dispneia, febre e cefaleia.

O paciente está em tratamento oncológico e ainda é hipertenso. Durante o período que esteve internado, ficou em isolamento e foi medicado com Ceftriaoxone, Azitomicina e Tamiflu, apresentando melhora clínica, o que permitiu sua alta médica, informou o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus.

Conforme a Prefeitura, J.G.S., que completará 79 anos no próximo mês, deverá continuar seu tratamento médico em sua residência, fazendo uso de remédios, e seguir com isolamento social, além de manter outros cuidados, entre eles usar máscara, não compartilhar alimentos e utensílios domésticos. O Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus seguirá monitorando o paciente.

Paulínia, de acordo com boletim divulgado na noite desta sexta-feira (10), até as 18h, registrava seis casos confirmados e investigava outras cinco mortes pelo novo coronavírus, causador da doença Covid-19. Outras 83 pessoas aguardam resultados de exames enviados ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

Esse paciente de 78 anos que foi curado no hospital municipal ainda não havia sido divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde como caso confirmado da Covid-19 em Paulínia. As duas primeiras pessoas com exame positivo para o novo coronavírus têm 36 anos, o terceiro 57, o quarto 49, o quinto 53 e o sexto 39 anos.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.