Anúncios
Ir para conteúdo

[Monitoramento]
Terra instala GPS e câmeras de vigilância nos ônibus do transporte municipal

Objetivo é evitar atrasos e aumentar eficiência do serviço; empresa promete lançar aplicativo para passageiros obter informações em tempo real

3 abr 2020 – 5h30
Funcionário acompanha a movimentação dentro de ônibus em seu computador (Foto: Divulgação)

ATerra Auto Viação, concessionária do transporte público municipal urbano e rural em Paulínia, divulgou nesta terça-feira (1º) que instalou em seus ônibus equipamentos de GPS e câmeras de vigilância. “Em breve, os usuários de todas as linhas poderão obter as informações em tempo real por meio de um aplicativo de celular”, anunciou a empresa em suas redes sociais.

Com o serviço de localização por GPS, a concessionária do transporte público de Paulínia afirmou que seus veículos serão monitorados 24 horas por dia. “Com a tecnologia, a empresa Terra Auto Viação poderá controlar os horários e os trajetos”. Segundo o diretor da empresa de ônibus, Márcio Silva, o objetivo é evitar atrasos nas linhas e aumentar a “eficiência do transporte público”.

A concessionária destacou que também instalou câmeras de monitoramento para garantir maior segurança aos passageiros. “Cada ônibus recebeu três equipamentos. As ações fazem parte do plano de melhorias para garantir um transporte público de excelência aos paulinenses”, ressaltou. “Recentemente, a frota foi padronizada e equipada com sistema de bilhetagem eletrônica.”

A Terra Auto Viação assumiu o transporte público em Paulínia no último dia 11 de janeiro. Seu primeiro dia nas ruas foi marcado por um festival de problemas: veículos sujos, velhos; com letreiros indicando destinos de bairros e linhas do Rio de Janeiro; atrasos; ônibus quebrados; sem padrão visual e acessibilidade para deficientes; dentre outras complicações para os passageiros.

Metade

Passados quase três meses, praticamente a metade do contrato emergencial de seis meses da Terra com a Prefeitura, no valor R$ 8,5 milhões, ainda persistem reclamações de passageiros, principalmente, quanto a atrasos dos ônibus – mesmo neste período de quarentena em razão da Covid-19, que diminuiu o número de usuários no transporte público urbano e rural da cidade.

Pelo contrato com a Prefeitura, a Terra Auto Viação precisa operar nos horários de pico com até 52 circulares no município e ainda manter outros cinco reservas, no total de 57 veículos.

Quarentena

Durante a quarentena de 15 dias, a Prefeitura se comprometeu a regulamentar a prestação do serviço para garantir que os passageiros não ficassem a pé, mas até agora, a quatro dias do final do período de exceção, não divulgou esse decreto. Até a publicação deste texto, tanto o governo municipal como a empresa não revelaram o número de ônibus que rodam na quarentena nem os horários que estão fazendo na cidade.

No final do mês passado, a Prefeitura retomou a concorrência pública milionária para a concessão do serviço de transporte público coletivo pelos próximos 10 anos dentro do município de Paulínia. O contrato global é estimado em mais de R$ 357 milhões. A abertura dos envelopes com as ofertas dos participantes do certame está marcada para ocorrer neste dia 30 de abril, a partir das 10h.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.